Últimas Notícias
Brasil

Justiça determina suspensão da interdição do Hospital Infantil Cosme e Damião

Decisão aponta que ação do Conselho “transbordou os limites da competência legal”. Cremero diz que vai cumprir decisão, mas mantém indicação de que a unidade precisa ser interditada.

A Justiça Federal concedeu uma liminar ao governo de Rondônia, na sexta-feira (22), e determinou a suspensão da interdição ética feita no Hospital Infantil Cosme e Damião pelo Conselho Regional de Medicina (Cremero), pouco menos de 24 horas depois de seu início.

Parte interna do Hospital Infantil Cosme Damião (HICD) em Porto Velho 


A decisão do Cremero em interditar o hospital levou em consideração denúncias sobre problemas estruturais e sanitários identificados na unidade de saúde. "Preocupação confirmada quando no último fim de semana uma parte do teto desabou em cima de um leito de uma criança", informou o conselho.


Com o processo de interdição ética, os profissionais de saúde estavam impedidos de receber novos pacientes na unidade, mas seguiriam atendendo aqueles que já haviam dado entrada no hospital até a última quarta-feira (20).


Em sua decisão, a juíza Grace Anny de Souza Monteiro entendeu que a ação do Conselho “transbordou os limites da competência legal” por interromper um “serviço público essencial de saúde”.


No entanto, ressalta que a decisão é voltada somente para a interdição ética, que impediria o atendimento dos profissionais de saúde. As questões envolvendo a estrutura física do hospital precisam ser melhor apurados por órgãos competentes.





O que diz o Cremero?

Ao site, o Cremero informou que vai desinterditar o hospital, em obediência a decisão da Justiça, mas mantém o posicionamento e indicação de que a unidade tem a necessidade de estar interditada por conta dos problemas apontados em relatórios de fiscalizações.


Hospital Cosme e Damião

O Hospital Infantil Cosme e Damião fica localizado na zona Norte de Porto Velho e é referência no atendimento de crianças do estado. Segundo governo, a unidade atende os 52 municípios de Rondônia, o sul do Amazonas, comunidades indígenas e quilombolas e ainda parte da Bolívia e é responsável por procedimentos de médio e grande porte da pediatria. (g1ro)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade