Últimas Notícias
Brasil

Coronavirus - COVID-19

Coronavirus/block-2

Notícias de Rondônia

Rondônia/block-6
Videos/block-5

Saúde e Bem Estar

Saúde/block-5

Mais sobre Brasil

Brasil/block-4

Caderno Policial

Policial/block-3

Mais sobre Acidentes

Acidentes/block-2

Mais sobre Política

Política/block-3

Mais sobre Esportes

Esporte/block-1

Concursos

Concursos/block-3

Porto Velho

Porto Velho/block-2

Últimas Notícias

Incêndio em presídio deixa ao menos 49 mortos e feridos

Presidiários teriam ateado fogo em colchões em uma tentativa de fuga em massa, mas as chamas saíram do controle, informou a imprensa local

Um incêndio no presídio de Tuluá, na Colômbia , deixou ao menos 49 mortos nesta terça-feira (28). De acordo com a imprensa local, os prisioneiros tentavam realizar uma fuga em massa e, para distrair os funcionários da prisão, atearam fogo em colchões durante a troca de turno dos guardas.

Reprodução/Site Instituto Nacional Penitenciário e Carcerário (Inpec)
Penitenciária de Tuluá, na Colômbia


Conforme o site de notícias Caracol , o Instituto Nacional Penitenciário e Carcerário da Colômbio (Inpec) confirmou o número de mortes.


“Infelizmente há uma rebelião no pavilhão número oito da prisão de Tuluá, onde há 1.267 presos, com um lamentável resultado de 49 mortes”, disse o general Tito Castellanos, diretor do Inpec, em entrevista à rádio La W Radio.


Durante a ação, as chamas saíram do controle e tomaram todo o edifício do pavilhão 8 do presídio, que tem cerca de 200 presidiários.


O presídio, que fica a cerca de 90 quilômetros da cidade de Cali, tem quase 1.300 pessoas presas. Organizações não governamentais do país denunciam superlotação e condições precárias no estabelecimento.


Ainda, de acordo com o jornal El Tiempo, outras 30 pessoas ficaram feridas e o incêndio já foi controlado. (Por IG)

Homem tem pênis operado após introduzir corrente de bolinhas por prazer

Sofrendo com dores agudas no pênis, um homem teve que ser levado às pressas a um hospital em Taipé (Taiwan). 

Sofrendo com dores agudas no pênis, um homem teve que ser levado às pressas a um hospital em Taipé (Taiwan). Os médicos descobriram que ele havia inserido uma corrente com bolinhas de metal na uretra com o objetivo de aumentar o prazer na masturbação.

Homem vai parar em hospital de Taiwan com dores agudas após ter introduzido uma corrente de bolinhas na uretra
Imagem: Reprodução/Universidade Médica de Taipei



Reclamando muito das dores, que ele descreveu como “choques elétricos”, teve que passar por um procedimento cirúrgico de emergência, para retirada da corrente de metal.


Médicos em New Taipei, Taiwan, descobriram que o paciente, na casa dos 30 anos, tentou “atingir o orgasmo” introduzindo o objeto em sua uretra. A corrente de bolinhas, de tamanho considerável, estava embutida dentro de seu pênis, e ele não conseguia removê-la por medo de se machucar ainda mais. Ele também não conseguia ir ao banheiro.


Desesperado, o homem consultou no dia 26 de maio os médicos do Hospital Shuang-Ho, da Universidade Médica de Taipei. Em entrevista coletiva, o urologista Gao Weichang, que tratou o paciente, disse: “O paciente não sabia como remover a corrente em casa. Ele já estava ferido e a corrente, presa. Mas se ele tentasse retirá-la, toda a sua uretra poderia ter sido danificada.”


O médico acrescentou que, em circunstâncias normais, a corrente deveria ter deslizado para fora, mas a uretra do homem estava apertada devido à tensão.


Weichang disse que o homem estava sentindo um “severo desconforto” e as bolinhas estavam afetando os nervos sensíveis do seu órgão genital, causando uma “dor aguda como choques elétricos”.


Os cirurgiões tiveram que “abrir” seu pênis para desatar o nó que se formou na corrente antes de reconstruir sua uretra em um procedimento complicado, mas bem-sucedido. (Por UOL)

Peça que imita corpo nu é sucesso entre famosas como Kylie Jenner e Chiara Ferragni

Kylie Jenner, Chiara Ferragni e Sokhna Cisse chamaram a atenção em suas redes recentemente ao compartilhar imagens em que aparecem

Kylie Jenner, Chiara Ferragni e Sokhna Cisse chamaram a atenção em suas redes recentemente ao compartilhar imagens em que aparecem vestindo peças que dão a impressão de estarem nuas.

Peça que imita corpo nu é sucesso entre famosas como Kylie Jenner, Sokhna Cisse e Chiara Ferragni
 Peça que imita corpo nu é sucesso entre famosas como Kylie Jenner e Chiara Ferragni


Kylie escolheu um biquíni com estampa de mamilos. Já a blogueira italiana Chiara Ferragni optou por uma camiseta com desenho semelhante, mas esta, também repetia as curvas do abdômen sequinho e umbigo. Já a modelo Sokhna optou por um body que imita um corpo todo nu.


A estampa naked com o efeito em 3D que se tornou queridinha das famosas e blogueiras de moda é uma linha da grife Jean Paul Gaultier em parceria com a estilista russa Lotta Volkova. (G1)

Oposição protocola pedido de criação da CPI do MEC no Senado

A Comissão pretende investigar denúncias de corrupção no Ministério da Educação, quando a pasta era comandada por Milton Ribeiro

A oposição protocolou pedido de criação de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar suposto esquema de corrupção no Ministério da Educação, durante a gestão do pastor Milton Ribeiro, que chegou a ser preso pela Polícia Federal na semana passada, alvo da Operação Acesso Pago.



O pedido foi entregue pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede/AP), líder da oposição no Senado, no início da tarde desta terça-feira (28/6).


“Este requerimento já contou anteriormente com 29 assinaturas, e, a partir de ação coordenada do governo, ainda no mês de abril, tivemos a retirada de algumas dessas assinaturas, e por isso ele encontrava-se sobrestado. A partir dos últimos acontecimentos, em decorrência da prisão do ex-ministro da Educação Milton Ribeiro, conseguimos, finalmente, as assinaturas que restavam. Esse requerimento é protocolado no dia de hoje com um total de 30 assinaturas”, comemorou o senador.


Randolfe Rodrigues disse que espera contar ao todo com 32 assinaturas, incluindo as de Marcelo Castro e Confúcio Moura, que assinaram o requerimento nesta terça. “Portanto, é um requerimento robusto, mostrando que há um desejo no Senado de que esse esquema escandaloso que se instalou no Ministério da Educação tenha uma séria investigação”, assinalou o congressista.


O foco da CPI

Um dos objetivos da CPI será identificar o envolvimento do presidente Jair Bolsonaro (PL) no esquema que envolveria liberação de verbas da pasta para pastores aliados do chefe do Executivo nacional e do próprio ministro.


Além disso, a CPI se dedicará a investigar a possível interferência de Bolsonaro, que é suspeito de ter avisado Milton, anteriormente, sobre o trabalho de busca e apreensão realizado pela operação.


O regimento do Senado prevê que o requerimento de abertura da comissão precisa ser assinado por, no mínimo, 27 senadores – um terço dos 81 que compõem a Casa. Além disso, o documento deve indicar o fato a ser apurado, o número de integrantes, o prazo de duração e o limite de despesas para a realização das atividades.


O protocolo do requerimento do pedido de abertura da CPI do MEC foi feito cinco dias após Randolfe anunciar que obteve as assinaturas necessárias para a criação da comissão. Ao todo, 30 senadores deram aval à CPI.


Para a comissão de inquérito ser considerada oficialmente criada, é necessário que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), leia o requerimento em plenário, ato que representa uma etapa do rito legislativo para que o pedido possa ser publicado no “Diário Oficial do Senado”.


A prisão

A Polícia Federal prendeu preventivamente o ex-ministro Milton Ribeiro em 22 de junho, em operação que investiga esquema de corrupção envolvendo pastores evangélicos durante a gestão dele à frente do MEC.


A operação apura o esquema de favorecimento em liberação de verbas do MEC para prefeituras ligadas aos pastores Gilmar Santos e Arilton Moura, ambos integrantes da Assembleia de Deus e sem nenhum cargo na pasta. Os dois também são alvo de investigação da PF.


A atuação incluiria pedidos de propina de um líder religioso a um prefeito para facilitar acesso a recursos da pasta. Para agilizar o direcionamento de fundo orçamentário proveniente do ministério, o pastor Arilton Moura teria solicitado R$ 15 mil e 1 kg de ouro ao prefeito do município de Luís Domingues (MA), Gilberto Braga (PSDB).


O Ministério da Educação afirma, em nota, que vai colaborar com as investigações e que o governo federal “não compactua com qualquer ato irregular”. A sede da pasta, em Brasília, foi alvo de buscas da Polícia Federal. (Metrópoles)

Coluna – Brasileirão está mais difícil do que nunca

Um terço do campeonato já foi disputado e times seguem embolados

Se fizermos uma pesquisa agora perguntando quem é o favorito ao título da Série A do Brasileirão é muito provável, muito mesmo, que o Palmeiras apareça com a grande maioria dos votos. E isso é plenamente justificável, pois o time, bicampeão da Copa Libertadores, fez a melhor campanha na primeira fase do torneio continental deste ano e, na Série A, segue líder já há algumas rodadas. E com certeza na próxima também será.



No entanto, afirmar que ele é mesmo o favorito, se olharmos o andamento do atual campeonato, não será possível. O Palmeiras tem apenas três pontos a mais que o Corinthians, um saldo de gols bem superior, mas nada impede que, em duas rodadas, as posições estejam invertidas.


E mais: que campeonato acirrado o deste ano, em que vemos nove equipes entre 19 a 17 pontos. No alto, três somam 24; e mais uma esquisitice: o Fortaleza, que está nas oitavas-de-final da Copa Libertadores, é o último colocado, já tendo vencido o Flamengo no Maracanã.


Aliás, o Rubro-Negro carioca é um exemplo dessa gangorra no Brasileirão. O time já perdeu seis jogos (quando Jorge Jesus era o técnico foram quatro em toda a temporada), mas quando vence uma chega a pular sete posições na tabela. Com campanha irregular, basta perder um jogo para se ver ameaçado pelo Z4. E no momento está ali, no meio da tabela, a três pontos do Fluminense, que abre o G6.


Fazer uma estimativa do que vai acontecer para o fim do campeonato é missão impossível. E não faltam motivos para isso neste ano de Copa do Mundo em novembro. Nesta semana e na próxima teremos jogos pelas Copas Libertadores e Sul-Americana, envolvendo 11 equipes, mais da metade das que disputam a Série A. Em julho, os jogos da volta da Copa do Brasil, com a participação de outros três times, além de outros dez que estão nas copas continentais. Nesses dois torneios, muito dinheiro em jogo, o que faz com que haja uma prioridade para eles, em detrimento do Brasileirão em algumas rodadas.


Além disso, a janela de transferência para a Europa vai abrir, permitindo a chegada de jogadores e, pior, a saída de outros. De que forma isso vai afetar, para o bem e o mal, o desempenho de cada um? Como vão se comportar as equipes eliminadas de alguma (ou das) Copa(s)?


Pensou nisso tudo? E aí, continua achando que o Palmeiras é favorito? Eu também acho, ainda. Até porque a qualidade do futebol que temos visto está bem abaixo da dos últimos anos. Mas eu não arriscaria dinheiro nesse palpite. (Agência Brasil)

Sancionada lei que devolve PIS/Cofins cobrado na conta de luz

Consumidores terão aumento menor nas tarifas de energia

Os consumidores de energia elétrica terão aumentos menores nas contas de luz. O presidente Jair Bolsonaro sancionou, sem vetos, a Lei 14.385, publicada hoje (28) no Diário Oficial da União.

Sancionada lei que devolve PIS/Cofins cobrado na conta de luz


Aprovado pela Câmara dos Deputados no início do mês, o texto estabelece a devolução do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), imposto estadual, incluído na base de cálculo do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins), tributos federais.


A lei alterou as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para agilizar a devolução dos valores cobrados a mais no PIS/Cofins. A devolução será feita por meio de aumentos menores nas tarifas de energia.


Em 2017, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou a exclusão do ICMS do preço que serve como base de cálculo do PIS/Cofins. A corte entendeu que havia dupla tributação (cobrança de um mesmo imposto duas vezes). Em 2021, o STF definiu o alcance da medida, que reveria ser retroativa a 15 de março de 2017.


Segundo a Câmara dos Deputados e o Senado, a União deveria devolver R$ 60,3 bilhões em créditos de PIS/Cofins às distribuidoras. Desse total, R$ 12,7 bilhões já foram devolvidos pela Aneel em revisões tarifárias desde 2020, que teriam impedido as contas de luz de aumentarem, em média, 5% desde então. Ainda há R$ 47,6 bilhões a serem ressarcidos aos consumidores.


Revisão extraordinária

Em nota, a Aneel informou que, desde 2020, tem devolvido os valores relativos à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins. O órgão informou que fará uma revisão extraordinária das tarifas para as companhias que tiveram o reajuste aprovado sem a restituição do imposto. As demais distribuidoras serão atendidas conforme o calendário de revisões tarifárias de 2022.


“Ressaltamos que a Aneel já vem realizando esse procedimento desde 2020. Para as distribuidoras que já passaram por processo tarifário em 2022, a Aneel aprovará uma revisão tarifária extraordinária, nos termos da referida lei. Já para as distribuidoras que ainda terão seus processos nos próximos meses, o ajuste será realizado nos processos tarifários ordinários conforme calendário divulgado no site da agência”, destacou o comunicado.


Segundo a Aneel, o reajuste médio de 12,04% para os clientes da Enel, que atende 7,6 milhões de unidades consumidoras no estado de São Paulo, já inclui a devolução dos créditos de PIS/Cofins. O órgão informou que 8,7% da composição do índice médio de reajuste, aprovado hoje pela agência reguladora, está relacionado à devolução dos tributos. (Agência Brasil)

Mais uma fuga é evitada por policiais penais no presídio 470

Uma ação rápida de policiais penais conseguiu recapturar os criminosos na mata

Cinco criminosos tentaram fugir da penitenciária Milton Soares de Carvalho, o 470, em Porto Velho (RO) durante a madrugada desta terça-feira (28).

 

Foto: Ilustrativa

Os presidiários serraram grades de uma das celas e pularam o alambrado da penitenciária. 

 

Todavia, uma ação rápida de policiais penais conseguiu recapturar os criminosos na mata. 

 

No último sábado (25) os policiais penais já tinham conseguiu frustrar uma fuga em massa com a descoberta de um túnel na mesma penitenciária. (Rondoniaovivo)

Quarta-feira (29) continuará com muito sol e sem previsão de chuva em RO

Isso é o que informa o Sipam, que aponta como motivo uma massa de ar quente e seco estacionada sobre o sul da Amazônia

Uma quarta-feira (29) de muito calor, sol e sem qualquer previsão de chuva. Isso é o que dizem os estudos climáticos feitos pela Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam)

 


O motivo, segundo o levantamento, de o tempo seguir sem mudanças em toda Rondônia por conta da permanência da massa de ar quente e seco sobre o sul da Amazônia. Assim, a previsão para esta quarta-feira em todas as regiões rondonienses continua com tempo aberto, céu variando de claro a parcialmente nublado, muito sol, calor e sem previsão de chuva. 

 


A umidade do ar fica baixa e pode atingir valores mínimos próximos de 30% no período da tarde, principalmente nas cidades do centro-sul rondoniense, o que caracteriza estado de atenção para baixa umidade do ar.

POLÊMICA: Artistas deixam de seguir Leo Dias após exposição do caso de Klara Castanho

Fãs perceberam e celebraram o fato de que nomes como Luísa Sonza, Ludmilla, Lexa e MC Mirella deram unfollow no jornalista

Após a exposição do caso da atriz Klara Castanho, Leo Dias perdeu alguns seguidores de peso nas redes sociais.

 


Fãs notaram na web que nomes bastante conhecidos deixaram de seguir o jornalista. 

 

Entre as personalidades que deram unfollow em Leo estão as cantoras Luísa Sonza, Iza, MC Mirella e Ludmilla. 

 

Seguidores das artistas comemoraram a decisão. "Melhor coisa que todos fazem é deixar de seguir esse cara", opinou uma fã de Luísa Sonza.

 

"Gostando de ver a movimentação dos artistas para parar de dar audiência para páginas como a dele", escreveu outro internauta. 

 

Outros nomes que os fãs perceberam que deixaram de seguir Leo Dias são Lexa, Lara Silva, Sophia Abrahão e Heloísa Périssé. 

 

A cantora Pocah chegou a ironizar o jornalista nos comentários de uma publicação: "Felizmente nem seguia".

 

No Instagram, o jornalista admitiu ter errado ao divulgar o caso da atriz, que foi vítima de um estupro, engravidou e tomou a decisão de entregar o bebê para adoção: "Eu não tinha noção de todos os fatos. Não sabia que ela havia sido vítima de um estupro. Klara me respondeu poucas horas depois. Chegamos a conversar por telefone. A postagem que fiz relatando o nascimento da criança e a adoção foi posterior à carta que Klara escreveu sobre tudo o que passara. Ela foi covardemente exposta. Tenho consciência disso. Errei ao publicar qualquer linha a este respeito". 

 

Leo ainda pediu desculpas à atriz na publicação: "Apesar da minha proximidade com o fato, reconheço que não tenho noção da dor desta mulher. E, por isso, peço, sinceramente, perdão a Klara".  (r7)

CHOCÓLATRA: Jovem é preso por furtar 18 barras de chocolate no shopping

O acusado junto com um comparsa foram vistos por câmeras de monitoramento no instante em que cometiam o arrastão

Um jovem de 18 anos foi detido na tarde desta terça-feira (28) após furtar 18 barras de chocolate na loja Americanas do Porto Velho Shopping, na capital de Rondônia.

 

CHOCÓLATRA: Jovem é preso por furtar 18 barras de chocolate no shopping

O site apurou que o acusado junto com um comparsa foram vistos por câmeras de monitoramento no instante em que cometiam o arrastão.

 

No momento que iam saindo da loja, os seguranças deram ordem de parada e um dos acusados saiu correndo.

 

Os funcionários da loja conseguiram deter somente o jovem de 19 anos. A Polícia Militar foi chamada e ele preso em flagrante.

 

Aos policiais, o acusado informou que é apaixonado por chocolate (chocólatra). (Rondoniaovivo)

CRIME BÁRBARO: Mulher é morta com mais de 10 golpes de facão em casa

Os policiais militares do distrito conseguiram localizar o marido da vítima

O crime com requintes de crueldade aconteceu nesta terça-feira (28) em uma casa no distrito de Jaci-Paraná, em Porto Velho (RO).



Uma mulher identificada como Marlene Evangelista de Souza, 54, foi morta com mais de 10 golpes de facão.


O suspeito seria o marido dela, mas o homem nega participação no crime.


O site obteve informações de que uma vizinha encontrou a vítima toda ensanguentada e desacordada em casa. A vítima foi socorrida ao posto de saúde rapidamente, mas o óbito foi constatado.


Os policiais militares do distrito conseguiram localizar o marido da vítima, mas ele afirmou que não estava na residência e não sabia de nada sobre a morte da mulher.


O caso será apurado pela 1° Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Contra a Vida (DERCCV).  (Rondoniaovivo)

URGENTE: Mulher pula da ponte sobre o rio Madeira em Porto Velho

Ainda não se sabe o motivo da vítima cometer tal atitude

Uma mulher ainda não identificada pulou da ponte sobre o rio Madeira, nesta noite de terça-feira (28) em Porto Velho (RO).

URGENTE: Mulher pula da ponte sobre o rio Madeira em Porto Velho




A Polícia Militar foi acionada para o local e quando chegou encontrou a mulher recebendo atendimento médico de uma equipe do Samu.


Segundo informações, após pular da ponte e cair no rio, a mulher foi resgatada por populares.


Ainda não se sabe o motivo da vítima cometer tal atitude. (Rondoniaovivo)


Em breve matéria atualizada.

Bebê de um ano tem o primeiro diagnóstico de Lowe em Rondônia; mãe relata dificuldades da rotina

Síndrome é uma doença genética rara e sem cura. A primeira cirurgia aconteceu quando o bebê tinha cerca de 1 mês. Pais enfrentam dificuldades como falta de conhecimento sobre a doença, rotina puxada e questões financeiras.

Com pouco mais de um ano, o pequeno Nicolas Mariano foi diagnosticado com a síndrome de Lowe, uma doença genética rara e sem cura. Segundo a Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), este é o primeiro caso de Lowe do estado.

Bebê de um ano tem o primeiro diagnóstico de Lowe em Rondônia; mãe relata dificuldades da rotina
Nicolas Mariano é o primeiro caso de síndrome de Lowe em Rondônia


A mãe de Nicolas, Edilene Souza, de 34 anos, relatou ao site as dificuldades que enfrenta após descobrir a condição do filho, entre elas: a falta de conhecimento por parte dos médicos locais, rotina puxada e questões financeiras. Confira:


A gravidez

Segundo Edilene, a gestação não foi planejada. Apesar disso, ao longo dos quase nove meses ele sempre esteve saudável. O bebê nasceu com 39 semanas e pesando mais de 3 quilos.


"Fiz o pré-natal todo certinho, todos os exames que pediram, nunca tive nem anemia e nunca viram nada de anormal", contou.


O primeiro susto veio assim que o menino nasceu. Durante um teste nos olhos, os médicos identificaram que ele tinha catarata congênita e, por este motivo, não enxergava. Foi assim que, com menos de um mês, Nicolas passou pela primeira cirurgia.


"Foi uma cirurgia bem sucedida, mas ele não enxerga normal. Hoje ele usa óculos de 20 graus. Sem óculos ele consegue enxergar em torno de 20% a 30%", aponta a mãe.


Diagnóstico

Quando Nicolas já estava com três meses, a mãe começou a perceber que ele parecia não se desenvolver como outras crianças: seu corpo era "molinho" e ele ainda não conseguia sustentar a cabeça.


De pediatra, até neurologista e geneticista, o bebê passou por uma série de exames até que enfim foi diagnosticado com a Síndrome de Lowe. Na época ele já estava com um ano e três meses de idade. Desde então, seus pais lutam com o desconhecido e outras dificuldades.


"O meu mundo caiu naquele momento. Eu nunca tinha visto algo desse jeito, nunca tinha ouvido falar desse nome na minha vida [Lowe]. Eu não comia, não dormia, só chorava, eu não conseguia me conformar com aquilo", relembra Edilene.


Quando "a ficha caiu", os pais começaram a buscar ajuda médica para tratar o Nicolas e se depararam com um dos principais problemas: a falta de conhecimento também por parte dos médicos.


"Eu fico muito insegura quando eu chego no médico e falo que meu filho é portador de Lowe e o médico fala pra mim: 'o que é isso?'".


Tratamento

De acordo com Edilene, existem apenas três médicos que têm conhecimento específico sobre a Síndrome de Lowe em Rondônia e eles atendem apenas pela rede privada. Por este motivo, o tratamento acaba ficando muito caro.


Além disso, como o Nicolas depende de muitos cuidados, a mãe precisou abandonar o emprego para se dedicar em tempo integral.


"Ficou somente meu marido trabalhando, mas como ele não estava dando conta de toda nossa necessidade, hoje eu faço diárias a noite em restaurantes. Durante o dia ele trabalha e eu cuido do bebê e durante a noite eu trabalho e ele cuida do bebê".


Mesmo assim, os tratamentos que a criança precisa são muitos e os pais não conseguem suprir todos.


Seu laudo médico indica que ele precisa de acompanhamento com geneticista, neurologista pediatra, nefrologista pediatra, além de neuropsicologia, psicopedagogia, fisioterapia, fonoterapia e terapia ocupacional. Cuidados que os pais não conseguem oferecer por completo, por questões financeiras.


O Governo de Rondônia informou ao site que na rede pública não existe um um centro específico para tratar síndromes raras. Por este motivo, "os pacientes são atendidos mediante as sintomatologias".


Para conseguir ajuda, Edilene conta que tentou conseguir um auxílio por doença no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mas teve o pedido negado porque "a doença dele não está classificada no rol de doenças que assegura um benefício". O site entrou em contato com o INSS, mas não obteve resposta até a última atualização desta matéria.


Síndrome de Lowe

O laudo de Nicolas confirma o Lowe, uma doença genética, sem cura e ligada ao cromossomo X, também chamada de Síndrome Óculo-Cerebral. Os pacientes dessa síndrome são afetados nos olhos, sistema nervoso central e rins.


Algumas das características são: baixo peso e estatura e redução da imunidade. Esta última característica tem causado preocupação aos pais, visto que recentemente Nicolas foi diagnosticado com Covid-19. Até o momento seu quadro é estável e ele se recupera em casa.


Nicolas também possui todas as características de ser portador de um grau severo de Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), mas ainda não foi diagnosticado. (G1RO)

Duas cidades de RO estão entre as cinco piores do Brasil no ranking de mortes violentas intencionais

Rondônia é o segundo pior estado em qualidade dos registros sobre mortes violentas, de acordo com o Anuário da Segurança Pública. Número de mortes violentas cresceu quase 10% em 2021.

Rondônia teve um aumento de 9,9% no número de mortes violentas intencionais em 2021, em comparação com o ano anterior, passando de 413 para 454. Só de homicídios dolosos foram 422 registros no último ano.

Duas cidades de RO estão entre as cinco piores do Brasil no ranking de mortes violentas intencionais
Anuário da Segurança Pública foi divulgado nesta terça (28) 


Os dados são do Anuário Brasileiro da Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira (28). As mortes violentas intencionais são a soma dos registros de homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais.


Duas cidades do estado ficaram entre as cinco piores do país no ranking de mortes violentas, com uma taxa de quase 140 mortes por 100 mil habitantes.


Ranking de cidades com as maiores taxas de mortes violentas


Município UF População Taxa de mortes por 100 mil habitantes

São João do Jaguaribe CE 7.577 224

Jacareacanga PA 6.952 199,2

Aurelino Leal BA 11.079 144,2

Santa Luzia D'Oeste RO 5.942 139

São Felipe D'Oeste RO 4.962 138,3

Fonte: Anuário da Segurança Pública

Série histórica

O Anuário da Segurança Pública começou a ser divulgado em 2007 com dados de 2005. Desde então, Rondônia já registrou mais de 7,5 mil vítimas por mortes violentas intencionais.


Nos últimos 10 anos da série histórica, o pior ano foi o de 2016, quando 586 vítimas foram contabilizadas, desde então os números estavam em queda, mas voltaram a subir a partir de 2019.


Fonte: Anuário Brasileiro da Segurança Pública


Qualidade dos registros

Ainda de acordo com o Anuário, Rondônia também está entre os piores estados na qualidade estimada dos registros estatísticos, a frente apenas de Roraima.


Para definir o ranking de qualidade nos registros foram estabelecidos critérios como conceito, informações registradas, informações perdidas, convergência e transparência, sendo atribuídos no máximo 20 pontos para cada critério.


As piores notas do estado foram nos quesitos informações perdidas (7,50) e transparência (3,00), ficando com uma pontuação final de 51,29. O estado do Alagoas, classificado como o melhor em qualidade dos registros estatísticos, ficou com 91,34 pontos.


O Anuário

O Anuário Brasileiro de Segurança Pública se baseia em informações fornecidas pelas secretarias de segurança pública estaduais, pelas polícias civis, militares e federal, entre outras fontes oficiais da Segurança Pública.


O que diz o Governo de Rondônia?

O Governo do Estado de Rondônia por meio da Secretaria de Estado, da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec) informou que está em fase de "minutar um termo de cooperação que será assinado entre o Estado e a União, para um planejamento de combate e enfrentamento aos índices de violência, esse plano vem sendo estudado pelas equipes de inteligência da Sesdec".


O Estado disse ainda que o plano é unir as inteligências estaduais e federais e das forças armadas para compartilhar as informações. (G1RO)

Barras de ouro são apreendidas em compartimento secreto de avião que sobrevoava em RO sem plano de voo

Flagrante aconteceu durante operação da PF e FAB contra crimes cometidos com o uso de aeronaves.

Durante uma operação da Polícia Federal (PF) e Força Aérea Brasileira (FAB) foram apreendidas seis barras de ouro pesando aproximadamente 3kg em uma aeronave em Porto Velho.

Barras de ouro são apreendidas em compartimento secreto de avião que sobrevoava em RO sem plano de voo
Aeronave sobrevoava em RO sem plano de voo 


A ação aconteceu nesta terça-feira (28) durante operação de enfrentamento a crimes cometidos com o uso de aeronaves. O ouro estava escondido em um compartimento secreto do avião.


Segundo informado pela PF, a FAB identificou sobrevoando no espaço aéreo brasileiro, em Rondônia, uma aeronave sem plano de voo e determinou o pouso imediato. No interior do avião, os policiais federais encontraram os pacotes suspeitos.

Barras de ouro apreendidas em compartimento
 secreto de aeronave em RO
Ainda de acordo com a polícia, os procedimentos legais e administrativos foram lavrados na Superintendência da PF em Porto Velho onde as investigações continuam para identificar os demais envolvidos.





"Essa atividade faz parte de esforço conjunto e integrado das forças envolvidas para a repressão a voos ilícitos de pequenas aeronaves", informou a corporação. (G1RO)
Barras de ouro são apreendidas em compartimento secreto de aeronave que sobrevoava em RO sem plano de voo

 

Azul retira voos regionais de Rondônia por alta no combustível da aviação: 'readequação necessária'

Companhia suspendeu voos diretos da rota Porto Velho/Vilhena e 'cancelou' início das operações para Ariquemes e Pimenta Bueno.

Ao menos três voos regionais da Azul em Rondônia serão suspensos por causa da alta do combustível da aviação. A informação foi confirmada ao g1 pela própria empresa nesta terça-feira (28).

Azul retira voos regionais de Rondônia por alta no combustível da aviação: 'readequação necessária'
Aviões Cessna Grand Caravan, avião da Azul Conecta, que operam no interior de RO 


A companhia aérea diz ter registrado nas últimas semanas uma "alta exponencial" dos custos operacionais, principalmente na compra do combustível de aviação (QAV) — impactado ainda mais pela evolução da guerra na Ucrânia.


"Ainda que com todos os incentivos propostos pelo estado em relação ao ICMS, a companhia precisou readequar sua malha aérea em Rondônia", informou a empresa.

Um dos voos suspensos pela empresa foi o Porto Velho/Vilhena, que era feito diariamente e operado pela empresa subsidiária Azul Conecta em aviões Cessna Grand Caravan, com capacidade de até nove passageiros, além de dois tripulantes.


Também foi suspenso o início das operações de Porto Velho para Ariquemes e Pimenta Bueno. Os voos diretos entre essas cidades começariam em 1° de agosto e as passagens já estavam sendo vendidas.


"A companhia lamenta a decisão e ressalta que a readequação de oferta é necessária neste momento, e destaca que espera poder avaliar a retomada das suas operações nestes mercados assim que for possível", diz.


Voo 'sobrevivente'

O único voo regional que vai ser mantido é o de Porto Velho para Ji-Paraná. No entanto a empresa afirma que a frequência será reduzida, ou seja, não devem ocorrer mais voos diários entre as duas cidades.


"Todos os Clientes impactados serão assistidos pela companhia, conforme previsto na resolução 400 da Anac", ressalta a empresa.


Em nota, a Azul ressaltou que, além dos voos entre Porto Velho e Ji-Paraná, a companhia vai seguir operando normalmente os voos partindo de Ji-Paraná, Vilhena e Cacoal com destino a Cuiabá (MT). Essas operações são feitas com o jatos Embraer E195.


Os voos regionais

Os voos regionais saindo de Porto Velho para cidades do interior faziam parte de um projeto de expansão da Azul.


Tanto que em setembro do ano passado a empresa anunciou a encomenda de 10 aviões turboélice Cessna Gran Caravan, pois o objetivo era aumentar as rotas diretas entre cidades do interior, principalmente na região Norte.


O primeiro voo diário anunciado nessa modalidade em Rondônia foi o Porto Velho/Ji-Paraná, que teve início no mês de abril. No mesmo mês a empresa começou a operação da rota Porto Velho/ Vilhena.


Na época do lançamento as passagens foram vendidas no site da Azul com valores a partir R$ 270, mas recentemente o bilhete chegava a ser comercializado por mais de R$ 600.


A empresa via com entusiasmo a ampliação dessas rotas regionais em Rondônia e, no último mês de maio, foi anunciado voos diretos de Porto Velho para Ariquemes e Pimenta Bueno a partir de agosto.


Incentivo do governo x imposto do querosene

Como uma tentativa de ampliar os voos domésticos em Rondônia , em julho do ano passado o governo de Rondônia decidiu reduzir o imposto sobre o Querosene de Aviação (QAV).


De acordo com o decreto assinado pelo governador Marcos Rocha (União Brasil), Rondônia passou a permitir a redução de 25% para 4% da alíquota sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal (ICMS) do querosene.


No entanto, para obter a redução do ICMS as cias aéreas interessadas devem operar voos regionais diretamente ou através de companhias coligadas e parcerias comerciais. (G1RO)

Tem mais de 10 animais de estimação? Veja como solicitar a vacinação agendada em Porto Velho

A vacina antirrábica é disponibilizada o ano inteiro. Podem ser imunizados cães e gatos com idade a partir dos três meses de vida.

Quem trabalha em Organizações Não Governamentais (ONGs) de animais ou aqueles que têm mais de 10 animais domésticos podem solicitar em Porto Velho o serviço de vacinação antirrábica agendada e domiciliar. Ele é oferecido pela Divisão de Controle de Zoonoses em Animais Domésticos e Sinantrópicos (DCZADS).

Tutores de mais de 10 animais domésticos podem solicitar a vacinação agendada 


O agendamento pode ser feito pelo telefone: (69) 9 8473-6712. A intenção é facilitar o acesso dos bichinhos à vacinação, já que dependendo do número de animais, o responsável pode ter dificuldade em transportar os pets aos locais de imunização.


Podem ser vacinados cães e gatos com idade a partir dos três meses de vida, mesmo que ainda não tenham a carteirinha de vacinação.



Pontos de imunização


Tutores de mais de 10 animais domésticos podem solicitar a vacinação agendada


Em Porto Velho a vacina antirrábica é disponibilizada o ano inteiro. O atendimento é feito das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira, na sede da DCZADS, localizada na Avenida Mamoré, nº 1120, bairro Cascalheira ou no trailer que atualmente está funcionando no Parque Circuito, de terça a sexta-feira, das 8h às 17h e no sábado, das 8h às 14h.


Segundo a prefeitura, no primeiro semestre deste ano já foram atendidos 47 tutores e 686 animais foram vacinados. (G1RO)

Segurança de hidrelétrica que atirou contra suspeito de furto diz que foi a primeira vez que levou arma ao trabalho em RO

Em nota, a hidrelétrica disse que solicitou ao funcionário, que presta serviços por meio de uma empresa terceirizada, que fique afastado até o fim das investigações.

Um funcionário de uma empresa que presta serviços de segurança à Usina Hidrelétrica (UHE) Santo Antônio recebeu voz de prisão após atirar contra um suspeito de furto dentro da UHE. À polícia o funcionário disse que geralmente não trabalha armado e que foi a primeira vez que havia levado a arma para o emprego. A ocorrência foi registrada na noite de segunda-feira (27).

Usina Hidrelétrica Santo Antônio começou a gerar energia em março deste ano


De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM), foi acionada para atender um chamado de tentativa de furto com disparo de arma de fogo dentro da Hidrelétrica de Santo Antônio, na margem esquerda do rio Madeira.


No local o segurança disse aos agentes que recebeu a informação que haviam dois suspeitos em determinado ponto dentro da empresa que tentavam furtar os fios de alta tensão. Ele e um colega de trabalho se deslocaram até a área.


Dois homens em uma motocicleta foram flagrados pelos funcionários, momento em que deram a voz de parada. Um dos suspeitos, segundo a declaração descrita no boletim, estava com uma barra de ferro e "partiu para cima do funcionário" que sacou a arma, uma Taurus G2C 9mm, e atirou três vezes contra o suspeito. O comparsa deste, se assustou com os tiros e fugiu correndo pelo matagal.



O funcionário disse que ao ver o suspeito no chão e alvejado, entrou em contato com a PM pelo 190 e também com a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O suspeito foi atendido pela equipe médica e encaminhado ao Hospital João Paulo II. Ele não recebeu voz de prisão no local.


Após ouvir o funcionário, a PM fez buscas pelo segundo suspeito, que havia fugido do local, mas este não foi encontrado. A motocicleta, supostamente usada pelos suspeitos, foi apreendida e três cápsulas deflagradas no momento dos disparos foram encontradas e entregues à Polícia Civil. A arma do funcionário, com munições e o carregador foram apreendidos.


O funcionário recebeu voz de prisão por tentativa de homicídio. Ele foi apresentado na Central de Flagrantes.


Na delegacia

O funcionário foi ouvido pelo delegado de plantão. Ele disse que havia sido a primeira vez que tinha levado a arma para o trabalho. O homem também explicou que atirou após ter dado voz de parada aos dois suspeitos, sendo que um estava com um barra de ferro.


Sobre a arma, o funcionário disse que é dele e que possui a documentação de posse de arma de fogo de uso restrito e pontuou que, trabalha desarmado, pois não é permitido trabalhar armado no local.


Após ouvir o funcionário, o delegado levou em conta que ele "utilizou dos meios necessários que tinha a seu dispor para repelir a injusta agressão atual e eminente". Mas que "ao portar arma de fogo sem autorização ou em desconformidade com determinação legal ou regulamentar, o conduzido incidiu no crime de porte ilegal de arma de fogo de uso permitido", disse.


Por conta da pena ser menor a quatro anos foi arbitrada uma multa de R$ 1,2 mil e liberado após o pagamento.


Sobre o suspeito que havia sido levado ao Hospital João Paulo II, o delegado deu a voz de prisão pelo crime de roubo impróprio, não alcançando a consumação do delito de furto devido à intervenção da vítima.


O que diz a Santo Antônio Energia?


Em nota a UHE Santo Antônio informou que solicitou ao funcionário que fique afastado até o fim das investigações (confira abaixo a nota na íntegra).


"Santo Antônio Energia está ciente e acompanhando as investigações relacionadas ao incidente que aconteceu em área proibida para circulação de pessoas externas, na margem esquerda da hidrelétrica, envolvendo equipe de vigilância patrimonial contratada. A empresa está colaborando com todas as informações necessárias para a investigação policial e informa que solicitou que o profissional terceirizado envolvido na ocorrência fique afastado até o fim das investigações". (G1RO)


Nenhuma empresa privada se interessou por licitação da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré em Porto Velho

Prefeitura deve fazer um levantamento para entender o motivo de nenhuma empresa formalizar proposta para participação.

A Superintendência Municipal de Licitações de Porto Velho, informou nesta terça-feira (28) que o processo licitatório para a concessão de espaços da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) não teve nenhuma proposta da iniciativa privada, sendo, portanto, declarado deserto.

Nenhuma empresa privada se interessou por licitação da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré em Porto Velho
Estrada de Ferro Madeira Mamoré (EFMM) em Porto Velho 


Em nota, a superintendência explicou que agora, a prefeitura vai fazer um levantamento para entender o motivo de nenhuma empresa privada formalizar proposta para participação do certame.


O resultado deste estudo será utilizado como embasamento para a construção de novo processo licitatório para concessão do espaço.

Estrada de Ferro Madeira Mamoré 


O setor do turismo foi um dos primeiros e mais afetados pela pandemia da Covid-19, e por isso a prefeitura presume que as empresas do setor estejam receosas nos investimentos. (G1RO)


Geração Emprego: 803 vagas estão abertas em empresas de Rondônia

A plataforma pública Geração Emprego está com 803 vagas abertas nesta terça-feira (28) para o mercado de trabalho em Rondônia.


Na ferramenta virtual é possível cadastrar o currículo gratuitamente e ver as vagas que estão abertas, conforme o perfil do profissional e os locais mais próximos de sua casa.

Veja aqui todas as vagas abertas em Rondônia

O objetivo do programa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec) é que os empregadores divulguem vagas de trabalho disponíveis nos 52 municípios rondonienses.

Na plataforma a pessoa pode ver qual empresa está divulgando a oportunidade e, em alguns casos, até o salário ofertado.

Na cidade de Ji-Paraná, por exemplo, há oportunidades para mais de 114 áreas e as últimas cadastradas no sistema foram:

  • Secretária do lar
  • Auxiliar de depósito
  • Servente de limpeza
  • Jovem aprendiz
  • Mecânico industrial
  • Atendimento geral
  • Mecânico
  • Supervisor de controle

Já em Porto Velho são disponibilizadas 146 vagas nesta quinta (veja as últimas divulgadas):

  • Açougueiro
  • Operador de caixa
  • Motorista entregador
  • Repositor
  • Topógrafo
  • Vendedor de serviços
  • Contador
  • Auxiliar de monitoramento
  • Mecânico de manutenção
  • Auxiliar de confeitaria
  • Auxiliar de padeiro

Como baixar o Geração Emprego?

O aplicativo "Geração Emprego" pode ser acessado gratuitamente na versão web ou baixado na Google Play e na App Store.

A plataforma que divulga vagas de emprego é uma iniciativa do Governo de Rondônia. O objetivo é que empregador cadastre sua empresa para divulgar as vagas e assim buscar currículos para agendar entrevistas com os candidatos.

O "Geração Emprego" também tem uma área de cursos, voltada à qualificação dos trabalhadores.

Publicidade