Últimas Notícias
Brasil

Mulher é expulsa de zoológico após manter caso com chimpanzé por quatro anos

'O problema é que estou tendo um caso com um chimpanzé. Eu amo ele e ele me ama', diz amante de Chita, após caso vir à tona

Um romance improvável está com os dias contados por intervenção da diretoria do Zoológico da Antuérpia, na Bélgica. Depois de manter relacionamento de quatro anos com o chimpanzé Chita, a belga Adie Timmermans está proibida de ver o seu “grande amor”. Sim, ela diz amar e ser amada pelo animal, e inclusive mantém encontros regulares.

‘O problema é que estou tendo um caso com um chimpanzé’ 


“O problema é que estou tendo um caso com um chimpanzé”, disse Adie em entrevista à emissora local ATV. , mostrando-se bastante chateada com a proibição. “Eu amo esse animal, e ele me ama. Eu não tenho nada além disso. Por que querem tirar isso de mim?”, completou.


Adier e Chita costumam trocar beijos e acenos, separados por uma parede de vidro, em visitas semanais. Mas, ela mesmo confirma que jamais houve contato físico entre os dois.

‘O problema é que estou tendo um caso com um chimpanzé’, afirma Adie 


O motivo da separação

Acontece que o suposto namoro de Adie estaria afastando Chita dos outros chimpanzés no viveiro. De acordo com os especialistas do zoológico, o macaco seria mais feliz se socializasse com sus semelhantes, não com os humanos.


“Estão deixando Chita de lado e eles são animais sociais, que buscam contato e brincam uns com os outros. Quando ficam continuamente ocupados com humanos, não têm o que fazer quando ficam sozinhos. Para um animal social, isso não é bom”, diz Sarah Lafaut, curadora do zoológico.


De acordo com relatos dos cuidadores, Chita tem andado distraído, impaciente e indeciso. Teria se envolvido em brigas no zoológico e não se adaptou bem com outros chimpanzés.(REDAÇÃO ND, FLORIANÓPOLIS)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade