Últimas Notícias
Brasil

Família doa órgãos de motociclista que teve morte cerebral uma semana após batida de trânsito, em RO

Alan Ulchoa Vieira, de 32 anos, estava internado há quase uma semana depois de ser atropelado por um carro. 'Você sempre viverá em nossas lembranças e em cada uma dessas pessoas que receberão seus órgãos', escreveu primo.

Alan Ulchoa Vieira, de 32 anos, teve morte cerebral após acidente em Porto Velho 


A família do motociclista que teve a perna decepada após um acidente de trânsito, em Porto Velho, autorizou a doação de órgãos de Alan Ulchoa Vieira.


Alan, que tinha 32 anos e trabalhava como barbeiro, teve morte cerebral confirmada na segunda-feira (1°), quase uma semana depois da batida de trânsito.


Depois da família ser informado da morte, a mãe autorizou a doação dos órgãos de Alan, que era doador declarado.


Em um post no Facebook, um primo de Alan comentou sobre o gesto puro da família em ajudar outras pessoas que estão numa fila esperando órgãos.


"Mesmo com todo o acontecido, minha tia e a família autorizaram a doação de órgãos do Alan, então nesse último momento de vida, o Alan vai trazer a alegria e esperança há pelo menos 5 famílias. Não há gesto mais nobre do que esse ! Você vai estar vivo em cada um dessas pessoas que receberem a doação. Nós te amamos, meu primo", escreveu Luiz Felipe.

Outro primo também fez uma homenagem e disse que Alan vai continuar vivo não só nas lembranças da família.


"Apesar de toda dor e sofrimento, sabemos que você sempre viverá em nossas lembranças e em cada uma dessas pessoas que receberão seus órgãos. Descanse em paz!".


Acidente

No último dia 26 de julho, Alan conduzia sua moto pela rua Décima Avenida, quando foi atingido por um carro. Uma câmera da região registrou, de longe, o momento do impacto.


O motorista, após a batida, chega a frear o veículo e instantes depois faz uma manobra indicando que iria sair do local do acidente, mas ele acaba cercado por outro carro e é impedido de fugir sem prestar socorro à vítima.


Alan ficou gravemente ferido e teve a perna decepada durante a colisão. Ele ficou internado em estado grave no Hospital João Paulo II e a família chegou a pedir uma corrente de oração pela melhoria de Alan.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade