Últimas Notícias
Brasil

PSTU confirma Vera Lúcia e chapa 100% feminina na disputa à Presidência

Indígena Kunã Yporã (Raquel Tremembé), da etnia Tremembé, do Maranhão, é a candidata a vice

O PSTU confirmou neste domingo (31), em convenção nacional em São Paulo, a operária Vera Lúcia como candidata à Presidência da República. Sua companheira de chapa será outra mulher – a indígena Kunã Yporã (Raquel Tremembé), da etnia Tremembé, do Maranhão. O primeiro turno da eleição presidencial está marcado para 2 de outubro.

PSTU confirma Vera Lúcia e chapa 100% feminina na disputa à Presidência


A convenção, realizada no Sindicato dos Metroviários, na zona leste de São Paulo, aprovou a chapa por unanimidade.


Essa será a segunda chapa inteiramente feminina da história das eleições brasileiras – a primeira foi do extinto PRP (Partido Republicano Progressista), encabeçada pela cientista política Ana Marina Rangel e com Delma Gama como vice, nas eleições de 2006.


Vera Lúcia é a terceira candidata à Presidência para o pleito de 2022 – antes, Simone Tebet (MDB) e Sofia Manzano (PCB) foram confirmadas.


É a segunda vez que Vera Lúcia se lança como candidata ao Palácio do Planalto. Em 2018, ela conseguiu mais de 55 mil votos e ficou na 11ª colocação entre os 13 postulantes.


Em eleições anteriores, Vera se candidatou a deputada federal e à prefeitura de Aracaju, nunca tendo vencido uma eleição.


Aos 54 anos, Vera é operária e se formou em Ciência Sociais pela Universidade Federal de Sergipe. Ela foi uma das fundadoras do PSTU, em 1994.


Iniciado no último dia 20, o prazo para a realização das convenções partidárias termina no dia 5 de agosto.


Em 20 de julho, o ex-ministro Ciro Gomes, em convenção do PDT, foi o primeiro a ser confirmado como candidato.


Também já foram confirmadas as candidaturas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), de André Janones (Avante), do presidente Jair Bolsonaro (PL), de Leonardo Péricles (UP) e de Simone Tebet (MDB).


Felipe d’Avila (Novo) e Sofia Manzano (PCB) foram confirmados no sábado (30); e Pablo Marçal (Pros), neste domingo (31).


A oficialização pelo DC da candidatura de José Maria Eymael está marcada para terça (2), e a convenção do União Brasil, que tem Luciano Bivar como pré-candidato, ficou agendada para sexta-feira (5).


Mesmo depois das convenções, os partidos e os aprovados por eles podem desistir de disputar a Presidência. As candidaturas precisam ser registradas até dia 15 de agosto. A campanha começa no dia 16.


Debate

As emissoras CNN e SBT, o jornal O Estado de S. Paulo, a revista Veja, o portal Terra e a rádio NovaBrasilFM formaram um pool para realizar o debate entre os candidatos à Presidência da República, que acontecerá no dia 24 de setembro.


O debate será transmitido ao vivo pela CNN na TV e por nossas plataformas digitais.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade