Últimas Notícias
Brasil

Porto Velho tem filas para testes de Covid-19 diante do aumento de casos da doença

Na Policlínica Ana Adelaide foram disponibilizadas 30 senhas para testagem, na parte da manhã, mas vagas esgotaram rapidamente.

Unidades de saúde de Porto Velho amanheceram com várias filas de moradores em busca de testes para a Covid-19, nesta segunda-feira (4).

Unidade de saúde registra filas de pacientes em busca de testes da Covid


Casos de Covid crescem 46% na última semana de junho em Rondônia

Na policlínica Ana Adelaide, por exemplo, diariamente são distribuídas 30 senhas de manhã e 30 durante a tarde. No entanto nesta segunda-feira as senhas acabam rapidamente.


Com a senhas esgotadas bem cedo, do lado de fora vários pacientes ficaram sentados na expectativa de conseguirem as senhas da parte da tarde na Ana Adelaide.


A unidade de saúde USF Manoel Amorim de Matos, que também faz o exame para detecção da Covid, também registrou fila durante toda a manhã na zona sul de Porto Velho


Imagens enviadas para a Rede Amazônica mostravam uma intensa movimentação de moradores por volta de 10h no local .


Um morador contou, para a rádio CBN, que está há três dias tentando fazer o teste de coronavírus e não está conseguindo.


"Estou tentando conseguir uma ficha para fazer o teste de Covid. Daqui a pouco a pessoa morre e ninguém consegue fazer esse teste. Em toda a cidade de Porto Velho só tem dois lugares fazendo testes [públicos], e só é distribuído 30 fichas em cada lugar. Tem uma galera no Ana Adelaide querendo fazer e não consegue. É um absurdo ter só 30 senhas por período", diz o ouvinte da rádio.

Moradores aguardam senha do período da tarde 


Aumento de casos Covid

A busca por testes da Covid aumentou diante do crescimento de casos da doença. De acordo com boletins da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), na última semana de junho houve um aumento de 46% nos casos da Covid em Rondônia.


Foram 6.149 novos casos detectados ao longo de sete dias, de 26 de junho a 2 de julho. A Agevisa aponta também que Rondônia tem mais de 13 mil casos ativos da doença.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade