Últimas Notícias
Brasil

Brasil diz que está preparado para enfrentar surto de varíola dos macacos

O Brasil já está preparado para enfrentar o surto de varíola dos macacos que cresceu em todo o mundo nos últimos meses. A afirmação foi feita nesta segunda-feira pelo secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Arnaldo Correia de Medeiros.


No último sábado, a OMS, Organização Mundial da Saúde, declarou a doença como uma emergência de saúde pública internacional. A varíola dos macacos já teve mais de 16 mil casos notificados em 75 países.

O secretário Arnaldo Medeiros destacou que o Brasil já possui uma sala de situação, específica para lidar com a doença, que está em funcionamento desde maio no Ministério da Saúde.

Outra medida anunciada pelo Ministério da Saúde para combater a varíola dos macacos é a aquisição de vacinas contra o vírus causador da doença. Segundo o secretário Arnaldo Medeiros, a OPAS, Organização Pan-Americana da Saúde, está à frente do processo de aquisição do imunizante para todos os países do continente.

Até o início desta semana, o Ministério da saúde registrou 813 casos confirmados de varíola dos macacos em todo o país. O estado de São Paulo concentra a maior parte das notificações, com 595 casos.

O secretário Arnaldo Medeiros ressaltou que apesar de a doença ter baixa letalidade, é importante que a população se mantenha vigilante para identificar os casos e encaminhá-los para tratamento.

O secretário de Vigilância em Saúde falou sobre o assunto antes da abertura de um workshop promovido pelo Ministério da Saúde, nesta segunda-feira, para tratar de vigilância, alerta e resposta a emergências em saúde pública. O evento, realizado em Brasília, reuniu representantes de 42 países para compartilhar experiências, com o objetivo de fortalecer as estruturas de vigilância no Brasil e nas Américas.

Fonte - Por Agência Brasil.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade