Últimas Notícias
Brasil

Vídeo: Marido infiel apela para mulher não acessar celular e viraliza

Homem religioso suborna técnico para "dar fim" a aparelho com provas de traição. Sequência ultrapassa 6 milhões de acessos

Um caso de infidelidade agitou as redes sociais, e até um técnico de celular foi envolvido na traição. Uma mulher desconfiada quis acessar o telefone do marido, mas ele jogou o aparelho no vaso sanitário. Ela o levou para o conserto, e aí entra o narrador da fofoca. No TikTok do profissional, a “trilogia” ultrapassou 6 milhões de acessos.



Sim, são três vídeos, como toda boa sequência do cinema. O enredo do celular, aliás, deixa no chinelo muitos filmes por aí. O caso ocorreu na assistência técnica de Zalmir Ferreira, em Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


No primeiro vídeo, ele conta como o aparelho chegou para o conserto: “Ele [o marido] veio aqui com a esposa e ela deixou esse celular porque ele tacou o celular dentro do vaso e não quer ligar”. Quando abriu o telefone, encontrou cédulas de dinheiro (totalizando R$ 150) enroladas em um bilhete escrito de próprio punho com o seguinte pedido:


“Amigo, por favor, fala que este aparelho não tem mais jeito. Se minha esposa ‘ver’ [sic] o que tem nele, eu perco a casa, o carro, a conta bancária, a amante e as ovelhas da igreja. Em nome do pai me ajuda, está aí um agrado pra você.”


O técnico aproveitou a história cabeluda para engajar seu perfil, e o fez corretamente em nome do entretenimento. Ele perguntou aos seguidores se aceitaria o dinheiro ou entregaria o infiel à mulher.



Na segunda parte, o técnico mostra que efetuou o reparo. “A mulher tá brava, ela quer o celular hoje”, pontuou o profissional, dizendo que a cliente também pediu para ele desbloquear a senha do telefone.



O terceiro vídeo mostra o diálogo entre o marido infiel (e aparentemente religioso) e o técnico. Com uma câmera escondida, é possível ouvir o desespero do homem ao exigir ter acesso ao aparelho, chegando inclusive a ameaçar chamar a polícia porque o profissional só quer entregar o celular à mulher que solicitou o atendimento.


“Vim buscar meu telefone pela segunda vez. O que você pode fazer por mim, varão?”, perguntou o marido. “Rapaz, olha só. Eu já te expliquei que quem fez a ordem de serviço foi a sua esposa. Só ela pode retirar o aparelho, e ela me deu a ordem para não entregá-lo a ninguém a não ser ela”, repetiu o técnico.


O marido insistiu revelando o clima tenso em casa e citando a quantia escondida no celular. “O seu dinheiro está até guardado, eu não quero me meter nisso. Eu vou te devolver isso aí”, retrucou o profissional, recusando o suborno.


O suposto religioso, então, elevou o tom: “Então eu vou ter que ir até a delegacia! O senhor não quer devolver uma coisa que é minha!”. Zalmir não se rebaixou: “O senhor pode ir, mas quem deixou o aparelho aqui foi a sua esposa. Eu só posso entregar a ela, e ela já me deu a ordem que eu não posso entregar a ninguém”.



Seguidores elogiaram o técnico pela honestidade, enquanto alguns homens defenderam o marido infiel dizendo que o celular deveria ser devolvido ao dono. E você, de que lado está?





« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade