Últimas Notícias
Brasil

Homem tem pênis operado após introduzir corrente de bolinhas por prazer

Sofrendo com dores agudas no pênis, um homem teve que ser levado às pressas a um hospital em Taipé (Taiwan). 

Sofrendo com dores agudas no pênis, um homem teve que ser levado às pressas a um hospital em Taipé (Taiwan). Os médicos descobriram que ele havia inserido uma corrente com bolinhas de metal na uretra com o objetivo de aumentar o prazer na masturbação.

Homem vai parar em hospital de Taiwan com dores agudas após ter introduzido uma corrente de bolinhas na uretra
Imagem: Reprodução/Universidade Médica de Taipei



Reclamando muito das dores, que ele descreveu como “choques elétricos”, teve que passar por um procedimento cirúrgico de emergência, para retirada da corrente de metal.


Médicos em New Taipei, Taiwan, descobriram que o paciente, na casa dos 30 anos, tentou “atingir o orgasmo” introduzindo o objeto em sua uretra. A corrente de bolinhas, de tamanho considerável, estava embutida dentro de seu pênis, e ele não conseguia removê-la por medo de se machucar ainda mais. Ele também não conseguia ir ao banheiro.


Desesperado, o homem consultou no dia 26 de maio os médicos do Hospital Shuang-Ho, da Universidade Médica de Taipei. Em entrevista coletiva, o urologista Gao Weichang, que tratou o paciente, disse: “O paciente não sabia como remover a corrente em casa. Ele já estava ferido e a corrente, presa. Mas se ele tentasse retirá-la, toda a sua uretra poderia ter sido danificada.”


O médico acrescentou que, em circunstâncias normais, a corrente deveria ter deslizado para fora, mas a uretra do homem estava apertada devido à tensão.


Weichang disse que o homem estava sentindo um “severo desconforto” e as bolinhas estavam afetando os nervos sensíveis do seu órgão genital, causando uma “dor aguda como choques elétricos”.


Os cirurgiões tiveram que “abrir” seu pênis para desatar o nó que se formou na corrente antes de reconstruir sua uretra em um procedimento complicado, mas bem-sucedido. (Por UOL)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade