Últimas Notícias
Brasil

Escola Jânio Quadros está sem aulas presenciais há dois anos e pais relatam dificuldades na aprendizagem dos filhos

Pais de alunos que estudam na escola estadual Jânio Quadros, localizada em Porto Velho, entraram em contato com o g1 para relatar que seus filhos continuam estudando de casa, enquanto as outras unidades do Estado retornaram ao ensino presencial desde o início do ano.


No começo da pandemia em 2020, os alunos da escola Jânio Quadros, assim como de todas as unidades do país, estudaram por meio de plataformas virtuais. Este ano eles seguem nesse modelo de ensino. Mas, segundo os responsáveis, a distância física da sala de aula e dos professores têm causado grande prejuízo ao aprendizado das crianças. Veja abaixo relatos de alguns pais:

"Nossos filhos ficam em casa desmotivados, pois fazer tarefas sem um professor para auxiliar é muito difícil. Tenho duas filhas em séries diferentes e não sei como as ajudar", comentou Thais Lima, de 34 anos, dona de casa.

"Nós, como mães, não temos como ensinar uma criança em casa. A gente também não sabe, temos dúvidas no assunto, como a matemática, por exemplo, que precisa de explicação", comentou Débora Muniz, de 43 anos.

"Minha filha fica muito triste por não poder ir à escola e ela vê todas as outras crianças indo e vindo de suas escolas", compartilhou Andréia Moura, de 39 anos.

"As crianças estão sendo prejudicadas, pois não estão aprendendo. Como trabalho o dia todo, meu filho faz a tarefa sozinho. Quando eu chego em casa muitas vezes ele não fez a tarefa porque não sabia como", disse Valdirene Matos, de 45 anos.

Os pais reclamam também que não recebem informações da instituição de ensino, como o motivo das aulas presenciais continuarem suspensas. Inicialmente os responsáveis pela escola teriam informado que o retorno estava previsto para abril, mas já se passaram dois meses e nenhum outro prazo foi apresentado.

Questionada, a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) informou que a escola "está passando por uma reforma em sua estrutura física, para melhor atender a comunidade escolar" e que a escola está ofertando aulas não presenciais aos estudantes até a conclusão das obras, mas não apontou qual a data para conclusão.

Fonte: Por Jaíne Quele Cruz, g1 RO.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade