Últimas Notícias
Brasil

MORREU NO HOSPITAL: Vídeo mostra momento de socorro a apenado baleado na zona Sul; assista

Os policiais montaram uma estratégia para surpreender o acusado e chegaram ao endereço em uma viatura disfarçada

O site teve acesso ao vídeo em que mostra o socorro ao apenado Gabriel Victor Brito Pinto, 20, que morreu no hospital João Paulo II no início da madrugada desta terça-feira (24) após ser baleado no tórax por policiais militares que apuravam denúncia de tráfico de drogas. 

 


Com o apenado, os militares disseram que apreenderam uma pistola calibre 7.65 e duas porções de cocaína oxidada.

 

Criminoso violento

 

Gabriel tinha passagem por assalto e ano passado foi preso por participação a um roubo na residência de um oficial de justiça que foi agredido e teve o veículo e outros objetos levados.

 

Ainda segundo os policiais, Gabriel gostava de ostentar nas redes sociais com dinheiro adquirido durante roubos praticados com extrema violência contra as vítimas.




O socorro ao apenado

 

 

As imagens obtidas pelo site mostram o momento em que o apenado baleado estava ao solo e familiares em desespero.

 

Os policiais então decidem socorrer o apenado na carroceria da viatura da PM junto com o pai de Gabriel. O apenado morre em seguida no Centro Cirúrgico do hospital.

 


Denúncia de tráfico

 

Os policiais militares da Força Tática do 5° Batalhão responsáveis pelo atendimento de ocorrências na zona Leste da cidade disseram que foram para a zona Sul depois de denúncias anônimas de que o apenado estava traficando drogas.

 

Os policiais montaram uma estratégia para surpreender  o acusado e chegaram ao endereço em uma viatura disfarçada.

 

Gabriel tenta correr, mas é seguro pelos policiais e levado para um beco. Ele teria sacado uma pistola, segundo os policiais, e por isso foi baleado. (Rondoniaovivo)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade