Últimas Notícias
Brasil

Guerra na Ucrânia pode desencadear uma nova fase da guerra fria

A Rússia dá indícios de que pretende continuar com a guerra, inicialmente contra a Ucrânia, e deve ampliar o leque de ataques contra..

A Rússia dá indícios de que pretende continuar com a guerra, inicialmente contra a Ucrânia, e deve ampliar o leque de ataques contra outras nações europeias que pretendem aderir à OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte), grupo militar liderado pelos Estados Unidos (EUA). Dessa vez entra em alvo a Finlândia e a Suécia, que anunciaram que pedirão ingresso a OTAN, e já receberam o alerta russo de que pode haver reação militar.



O presidente da Rússia, Vladimir Putin, entende que a expansão do ambiente militar da OTAN é um problema para a Rússia. Para o líder russo, essa ampliação do grupo militar está sendo utilizada pelos Estados Unidos de forma “agressiva” e proposital para agravar uma situação de segurança global. Putin dá indícios que não irá recuar e a guerra tende a tomar rumo mundial.


Muitos já acreditam que a expansão militar estará gerando a terceira guerra mundial. Mesmo que não chegue a essa dimensão, a guerra já tem consequências em todos os continentes e já afeta a economia de diversos países, inclusive do Brasil que sofreu o impacto direto no fornecimento de insumos para a agricultura e outros produtos que tinham origem russa ou ucraniana.


À medida que a pressão da Rússia cresce, outros países devem buscar aliança com a OTAN, para consolidar a proteção conta o potencial bélico russo. Da mesma forma que o Tratado do Atlântico Norte estava quase sem finalidade e foi revigorado com essa guerra, de outro lado, a Rússia tende a fortalecer a proposta de recriar o Pacto de Varsóvia, ou Organização do Tratado de Varsóvia, que gerou a criação da extinta União Soviética.


Mesmo que a guerra não se torne mundial, mas já indicio de que o mundo terá pela frente, uma nova guerra fria que movimentará as grandes potencias por algumas décadas à frente.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade