Últimas Notícias
Brasil

Acreana que teve o corpo incendiado foi morta pelo namorado

Após cometer o crime, Wallace ainda enviou uma mensagem do celular de Marina para uma amiga dela, para desviar o foco das buscas

O suspeito da morte de Marina Paz Katriny, de 30 anos, encontrada com o corpo parcialmente queimado, em Brasília, dia 18 de maio, detalhou a Polícia Civil da cidade sobre a morte da namorada.

 


Preso na última segunda-feira, 23, Wallace de Souza Eduardo, confessou o crime e disse que vivia em um relacionamento com "muitas brigas e discussões".

 

Segundo o acusado, o casal discutiu no dia do assassinato, após sair para um bar. No caminho para casa, o homem agrediu a vítima com um bloco de concreto, e usou gasolina para queimar o corpo.

 

"Ele confessou que desferiu as pedradas, que arrastou o corpo dela até o cerrado. Depois, amarrou as mãos, e a região da cabeça e boca com fita adesiva, e deixou o corpo lá. Ele foi até um posto de gasolina, cerca de um quilômetro à frente, comprou R$ 20 de combustível, voltou e jogou o liquido inflamável sobre o corpo da namorada", disse o delegado Mauro Agular, responsável pela investigação.

 

Após cometer o crime, Wallace ainda enviou uma mensagem do celular de Marina para uma amiga dela, para desviar o foco das buscas. Mas de acordo com os investigadores, não há dúvida sobre a autoria no caso.

 

O suspeito foi levado para a carceragem da 17' Delegacia de Polícia, em Taguatinga e deve ser encaminhado para o Departamento de Policia Especializada, ainda nesta segunda-feira. Na terça, 24, deve passar por uma audiência de custodia.

 

O crime está sendo tratado como feminicídio qualificado. Se condenado, a pena pode passar de 30 anos de prisão. (AC24Horas)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade