Últimas Notícias
Brasil

ABANDONO: Pais de alunos da Estrada da Penal pedem volta do transporte escolar

De acordo com famílias, Secretaria de Educação tirou serviço de crianças menores, após denúncia de excesso de velocidade

Pais e mães de alunos que precisam do transporte escolar na Estrada da Penal fizeram nesta quinta-feira (26), um protesto na região pedindo a volta do serviço.

 

Pais e mães dizem que uma representante da Semed foi até o local, mas não resolveu nada

Segundo eles, após um motorista ser denunciado por trafegar com velocidade de 100 km/h, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) retirou o ônibus para menores de 5 anos que necessitam ir à creche. 


“Não temos condições de levar as crianças para a escola. Seja pela distância ou pelo gasto de combustível. Eles [Semed], sem aviso prévio nenhum, cortaram. Isso deixou todo mundo de mãos atadas. Queremos uma resposta do secretário de educação, que não veio aqui. Em vez de tirarem o motorista, prejudicaram os alunos, pais e mães”, disse Narcísio Moreira, um dos membros que participou da manifestação. 

 

Perigo

 

Ainda de acordo com os pais e mães, as crianças estão ficando sem estudar ou com eles tendo que improvisar (muitas vezes de maneira perigosa) para que os filhos cheguem à escola. 


Uma das imagens que o site teve acesso mostra a mãe levando duas meninas na garupa, sem capacete e apertadas entre ela e uma caixa de plástico.

 

“As criancinhas estão indo de moto. Essa é uma luta de todos os pais da linha 21 de Abril, mas de outras também que ficaram com o transporte paralisado. O que a gente quer é que o prefeito e o secretário de educação resolvam esse problema o quanto antes”, destacou Narcísio.

 

O site recebeu um vídeo feito por um dos pais que mostra uma moto tentando seguir o ônibus. Em alguns momentos, o veículo escolar se distancia bastante da motocicleta. 

 

“A Semed diz que o ônibus não está em 100 por hora. A secretaria está fazendo vista grossa, não fizeram nada com o motorista, não puniram, não trocaram de rota. Quem está sendo prejudicado são as crianças". 


Resposta tardia

 

Somente no começo da manhã da sexta-feira (27), mais de 12 horas depois da publicação da matéria, a Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou que os alunos da Estrada da Penal estão sendo atendidos com o transporte escolar com sete ônibus, fora a Linha 21.

 

Mas, conforme o decreto, os ônibus escolares do município são destinados para atender os alunos do ensino Fundamental e Médio das redes Municipal e Estadual de ensino. A Prefeitura não tem autorização para o transporte infantil.

 

A Semed ainda informou que os ônibus são programados para não ultrapassar o limite máximo de 70km/h e com isso, os veículos não conseguem atingir a velocidade de 100km/h.(Rondoniaovivo)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade