Últimas Notícias
Brasil

Mulher aciona a polícia por não receber prêmio de R$ 10 mil

Demora no pagamento de premiação causa transtorno familiar a ganhadora

O site teve acesso ao Boletim de Ocorrência registrado hoje na Polícia Civil de Vilhena pela aposentada Rosely Esteves Santos, 55 anos, contra a empresa “Cap Show”, que vende cartelas e sorteia prêmios em Rondônia.

 


Moradora do bairro Bela Vista, em Vilhena, Rosely viu pela TV sua cartela ser premiada no sorteio realizado no dia 06 de março. Após faturar o prêmio de R$ 10 mil, a vilhenense foi entrevistada pela mesma emissora de TV que transmitiu o sorteio.

 

Ocorre que, até agora, o dinheiro não foi entregue à ganhadora. Nas tentativas de receber o dinheiro, a ganhadora disse na polícia, ao registrar a queixa, ter ouvido da empresa que o responsável pelos pagamentos está doente. A promessa de que o problema seria resolvido em 15 dias também não foi cumprida.

 

Além da decepção com o atraso no pagamento, a aposentada também está vivendo uma situação constrangedora: devendo R$ 2.500,00 a um familiar, Rosely enfrenta a desconfiança do parente, que duvida que a empresa demore tanto para pagar o prêmio, acreditando que ela embolsou o dinheiro. (Folha do Sul Online)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade