Últimas Notícias
Brasil

CORONAVÍRUS: China suspende embarques de carne bovina do Brasil

A suspensão se deu após identificação de presença de ácido nucleico do coronavírus na embalagem externa de quatro lotes do produto congelado.

A China suspendeu por uma semana as importações de carne bovina de quatro indústrias frigoríficas brasileiras após identificação de presença de ácido nucleico do coronavírus na embalagem externa de quatro lotes do produto congelado. Segundo o comunicado do governo chinês, que foi enviado à embaixada brasileira em Pequim, os frigoríficos que foram suspensos ficam localizados no Mato Grosso e em São Paulo. 

 


A suspensão foi reportada  na última sexta-feira (15) e passou a valer no sábado (16). As unidades que foram suspensas pertencem uma unidade da JBS que está localizada em Barra do Garça/MT, duas plantas  da Marfrig que estão situadas em Várzea Grande/MT e Promissão/SP e uma da naturafrig que fica em Pirapozinho (SP). 

 

De acordo com as informações levantadas pelo o Valor Econômico, o governo do país asiático pediu que o governo brasileiro informe  as autoridades competentes "com a maior rapidez possível" e que as empresas façam uma investigação sobre a causa do problema para que ele seja corrigido o quanto antes.

 

A China também pediu para que as indústrias frigoríficas sigam as diretrizes de prevenção da covid-19 com base nas normas da Organização das Nações Unidas para Agricultura (FAO), assim evitar a contaminação e garantir a segurança dos produtos que são exportados. 

 

A China suspendeu os embarques de três plantas frigoríficas do Brasil no início de abril, sendo duas delas de carne bovina e uma de frango. A suspensão durou por uma semana e entrou em vigor  na sexta-feira (08), mas a China não informou o motivo dessa suspensão. (Notícias Agrícolas)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade