Últimas Notícias
Brasil

Feira de adoção de cães e gatos acontece no sábado (19) em Porto Velho

Ação será realizada das 16h às 19h, no Skate Park. Animais serão entregues aos novos tutores com guia de castração e vermifugados, dependendo da idade.

Acontece neste sábado (19), uma feira de adoção de cães e gatos abandonados em ruas de Porto Velho. A ação será realizada das 16h às 19h, no Parque Jardim das Mangueiras, também conhecido como Skate Park, zona Leste da cidade.

Cachorro aguardando por adoção 


O morador que se interessar em adotar um pet, terá que assinar um termo de adoção e poderá encaminhar o animal a um hospital veterinário contratado, que fará o procedimento de castração e implantação de microchip de forma gratuita. Dependendo da idade, os animais já estarão vermifugados.


Conforme a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), para quem não efetuar a adoção na feira, mas precisar ter acesso à castração e microchipagem, deve procurar a secretaria, que está localizada na rua General Osório, 81, Centro.


Adoção por amor

O veterinário Bruno Sadeck explicou ao g1 que, antes de tomar a decisão de adotar um pet, é preciso que toda a família entre em consenso para a chegada do novo membro.


"É um ser vivo que vai participar do convívio familiar, em média, em torno de 12 anos. A família tem que considerar isso para não haver o abandono futuro", enfatiza.


O animal, diz o veterinário, tem direitos como: abrigo, alimentação de qualidade, cuidados médicos veterinários e deve ter as características individuais respeitadas.


“É preciso saber que esse animal, uma vez ou outra, pode vir a adoecer, e tem que ser avaliado se a pessoa vai ter condições de manter e tratar esse animal na hora da doença. São ponderações que se deve levar em conta”, explica Sadeck.


Após essas análises, caso a família resolva seguir adiante com a adoção, a veterinária Carolina Nunes Pimenta, pontua alguns dos cuidados necessários para a adaptação do cachorro ou gato no novo lar:


Faça as mudanças necessárias na sua casa antes da chegada do animal. O seu novo amigo trará novos hábitos e novas rotinas e, por isso, é fundamental que você esteja preparado para a chegada e para essa primeira fase de adaptação;

Prepare os locais de alimentação, de fazer necessidades e de descanso do animal. Isso ajuda a criar referência e disciplina, sendo importante que eles tenham acesso completo e a qualquer hora ao cantinho próprio;

Adapte sua rotina à do animal. O passeio, por exemplo, é a principal atividade física dos cães e é essencial que você tenha tempo para fazê-lo "se mexer bastante" todos os dias (pelo menos 15 minutinhos). No caso de gatos, reserve um tempo para brincar com eles;

Compre vasilhas de comida e água, caminha, coleira de passeio e caixa de transporte. Escolha a ração de acordo com peso, idade e porte do animal;

Agende uma visita ao veterinário para um check up. Ele irá te orientar sobre os cuidados de higiene e alimentação, além de vermifugação e vacinação;

Tenha em mente que o animal requer cuidados constantes e exige gastos na sua manutenção. Se você não dispõe de tempo ou não quer gastar um pouco de dinheiro, melhor não adotar.

O animal não é dispensável. A posse deve ser responsável e o animal não pode ser dispensado por qualquer que seja o motivo. Uma vez adotado, ele vira parte da família e deve ser tratado como tal.


Denúncias de maus tratos

Em Rondônia, as denúncias de maus tratos podem ser feitas na Delegacia Especializada em Repressão aos Crimes contra Meio Ambiente (DERCCMA), através dos números 197 ou WhatsApp (69) 98439-0102. (g1ro)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade