Últimas Notícias
Brasil

Há três anos em Rondônia, saúde e educação são focos de investimentos da Energisa no estado

Através do programa de Eficiência Energética, concessionária contribuiu para redução de 71 mil kWh/ano de energia, equivalente ao consumo de 355 casas populares com consumo de 200 kWh/mês

Há três anos a Energisa chegou em Rondônia com a proposta de promover o desenvolvimento através da energia elétrica. Contudo, a empresa se engaja também em outras frentes importantes para contribuir com a comunidade nas áreas de educação e saúde.



Iniciativas que levaram investimentos de mais de R$ 5 milhões a 167 escolas públicas, associações e hospitais através do programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), executado pela concessionária no estado. Cerca de 71 mil lâmpadas LED, 1.800 equipamentos de refrigeração foram substituídos e 770 placas solares de geração de energia instalados.


De acordo com André Theobald, diretor presidente da concessionária, investimentos que beneficiam direta e indiretamente os moradores. “Através da economia dos recursos públicos com a redução do consumo de energia e de estrutura elétrica adequada para o funcionamento dos equipamentos elétricos”, explicou.


As ações em escolas públicas se concentraram em bairros da zona leste da capital.  As novas lâmpadas LED das salas de aulas proporcionam ambiente agradável para que os alunos estudarem, com luminosidade adequada para não cansar a visão. Já as novas geladeiras conservam melhor os alimentos que são servidos no lanche e utilizam menos energia. 

No Hospital Santa Marcelina, Casa Família Roseta, Casa de Apoio ao Doente com Câncer Irmã Rosa Gambelli, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Porto Velho e Espigão do Oeste, a instalação de placas solares vai reduzir a conta de energia e permitir que os recursos sejam investidos em outras necessidades das instituições. “É uma grande contribuição, porque vamos reverter o dinheiro para atender mais jovens aqui”, frisou Antônio Carlos Berssane, presidente da Apae de Porto Velho.


 Theobald destaca que o papel social da empresa foi essencial durante a pandemia de Covid-19 na mobilização de itens necessários para a campanha de vacinação. “Todos os municípios de Rondônia receberam pelo menos um equipamento para refrigeração de vacinas. O esforço conjunto do setor público e privado está permitindo o avanço da vacinação no estado. Ações que estão trazendo resultados agora, mas que também serão percebidos no futuro”, disse ao lembrar que a empresa foi uma das coordenadoras do Movimento Unidos Pela Vacina em Rondônia.


Na fase mais crítica da pandemia, a Energisa construiu a infraestrutura de tubulações para gases medicamentosos, oxigênio e sistema elétrico para abertura de 79 leitos de UTI na Unidade de Assistência Médica Intensiva (AMI) e no Hospital de Base. Também foram doadas 900 máscaras para o Cemetron, além de apoio no conserto de respiradores em conjunto com o Senai.



Theobald avalia que cada uma dessas iniciativas é a demonstração do compromisso que a Energisa assumiu com os rondonienses ao assumir a concessão “Somos parte dessa comunidade em todos os momentos, até mesmo nos mais difíceis. Estamos todos os dias dentro dos seus lares através da energia que conserva seus alimentos nas geladeiras, ao assistir televisão e até na eletricidade que faz os equipamentos hospitalares funcionarem. Nosso compromisso de 30 anos está apenas no início, ainda temos muito mais a contribuir”, concluiu.(Assessoria)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade