Últimas Notícias
Brasil

TESTAMENTO: Multidão reúne-se em frente à funerária para aguardar pastor ressuscitar

A mulher do pastor se negou a liberar o corpo do marido para ser enterrado

A esposa do pastor evangélico Huber Carlos Rodrigues, impediu que o corpo do marido fosse sepultado. Ana Maria de Oliveira Rodrigues afirma que o marido deixou uma declaração, escrita em 2008, em que ele diz ter sido informado pelo Espírito Santo de que ressuscitaria três dias após a morte.

 


Na última segunda (25), uma multidão se reuniu em uma funerária no interior de Goiás para esperar a ressurreição do pastor.


A mulher do pastor se negou a liberar o corpo do marido para ser enterrado, mas o prazo se esgotou às 23h30 da última segunda, o horário prometido por ele.

 

 

“Minha integridade física tem que ser totalmente preservada, pois ficarei por três dias morto, sendo que no 3ª dia, eu ressuscitarei. Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro para passar por essa experiência”, escreveu na carta.

 

O homem morreu na última sexta-feira (22/10), vítima de complicações cardiorrespiratórias, no município de Goiatuba, a cerca de 177 km da capital goiana. Dessa forma, o prazo para a ressurreição descrito por ele termina nesta segunda-feira (25/10), às 23h30.(Painel Politico)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade