Últimas Notícias
Brasil

Educadores realizam ato público em Porto Alegre (RS) nesta sexta-feira (15), Dia do Professor

Mobilização pede reposição salarial de 47,82% para professores e funcionários das escolas estaduais

No Dia do Professor, celebrado nesta sexta-feira (15), professores(as) e funcionários(as) de escolas estaduais de todo o Rio Grande do Sul realizam um ato público em Porto Alegre para exigir 47,82% de reposição salarial. 



A mobilização inicia às 9h30, em frente ao IPE Saúde, e segue em caminhada, às 11h, até o Palácio Piratini.


“Nós faremos esse ato, no Dia do Professor, para lutarmos, fazemos mais uma pressão em cima do governador Eduardo Leite (PSDB) para o reajuste salarial da categoria. Não somente dos professores, mas também dos servidores de escola. Temos visto que o governo tem apontado como única possibilidade de reajuste, o reajuste do piso salarial profissional nacional que atinge somente os professores”, destaca  a presidenta do Centro dos Professores do Estado do RS (CPERS Sindicato), Helenir Aguiar Schürer.



A dirigente destaca que na última reunião que entre o sindicato e representantes do governo do estado foi salientado que a entidade representa professores e funcionários. Diante disso, reforça Helenir, o Executivo estadual deve apresentar uma proposta para os dois segmentos. De acordo com o sindicato, os educadores amargam sete anos de salários congelados, sem um centavo de reajuste, desde novembro de 2014. 


“Vamos dizer ao governador que queremos valorização. A valorização da educação passa pela valorização dos trabalhadores em educação, dos professores e dos funcionários”, afirma Helenir. Ela lembra que o sindicato protocolou na Comissão de Finanças da Assembleia Legislativa uma proposta de emenda ao texto da Lei Orçamentária Anual (LOA), que busca inserir a recomposição salarial de 47,82% para os servidores ativos, inativos e pensionistas vinculados à rede estadual de ensino, na previsão orçamentária de 2022.(BdF Rio Grande do Sul)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade