Últimas Notícias
Brasil

Médico é flagrado jogando paciência em hospital: “Cara de pau”

O autônomo Roberto Forge, 45 anos, aguardava que a esposa com dor fosse atendida quando flagrou o médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Ilha Comprida, no litoral de São Paulo, jogando paciência no computador dentro do consultório.


A companheira de Forge procurou a unidade de saúde no último sábado (25/6) com suspeita de cálculo renal e já aguardava pelo atendimento há mais de uma hora.

“Minha esposa estava com dor. Cálculo renal não é uma simples dor de cabeça. E o médico jogando paciência no computador? É o cumulo!”, afirmou o autônomo ao G1. Forge também publicou o desabafo e as fotos em sua rede social.

Segundo Forge, dez pacientes aguardavam atendimento no hospital. O homem questionou o médico sobre a demora para receber atendimento.

“Ele ainda teve a cara de pau de me falar que estava vendo ficha de pacientes. Ele colocou a culpa nas enfermeiras que não teriam avisado que pacientes aguardavam”, disse o autônomo ao G1.

Preocupado com a qualidade do atendimento do médico, Roberto ainda pediu que a companheira fosse avaliada por outro profissional. Forge relatou que após 15 minutos de ter reclamado com o médico todos que estavam no local foram atendidos.

A Prefeitura de Ilha Comprida afirmou ao G1 que o profissional é terceirizado. “Em razão da reclamação, o município solicitou à empresa o afastamento do médico do quadro até a apuração das circunstâncias”, disse o município em nota.

Fonte: Por Metrópoles.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade