Últimas Notícias
Brasil

Polícia prende grupo que falsificava cervejas para bailes funks

Uma operação conjunta das polícias Civil e Militar prendeu nesta terça-feira (21/06) 12 homens acusados de falsificar cervejas para vender em bailes funks do Complexo da Maré, comunidade da zona norte do Rio.


Durante a “Operação Ressaca”, realizada em conjunto por agentes da 21ªDP (Bonsucesso) e policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE), foi encontrado um galpão em Queimados, na Baixada Fluminense do Rio, onde as bebidas eram falsificadas. As garrafas de cerveja de marcas mais baratas eram expostas à água para remoção do rótulo, abertas e, sem qualquer condição mínima de higiene, tampadas novamente com tampas de outras marcas famosas e mais caras, como Antártica, Antártica Original e Brahma, junto com os novos rótulos.

Segundo as investigações conduzidas pela 21ª DP (Bonsucesso), foi realizada uma vigilância para verificar movimentações estranhas no local. Em determinado momento, um caminhão carregado de bebidas saiu do galpão e foi seguido por parte da equipe, enquanto outra parte cercou o local e solicitou que comparecesse algum representante.

Segundo os agentes, quando o grupo foi abordado, eles tentaram fugir pulando o muro da parte de trás do galpão, tendo sido interceptados pelos policiais. Todos os suspeitos confessaram suas participações no esquema e 12 foram presos em seguida.

O local foi periciado e o material foi apreendido. O caminhão foi localizado em um depósito de bebidas. O motorista do caminhão e o dono do estabelecimento também foram presos em flagrante.

O galpão foi fechado e os agentes identificaram diversas garrafas de cervejas, cheias e vazias no local. As bebidas eram expostas à água quente para remoção de seu rótulo, abertas e, sem qualquer condição mínima de higiene, tampadas novamente. Tudo isso feito em ambiente sem quaisquer condições sanitárias necessárias ao manuseio de gêneros alimentícios.

Fonte: Por Metrópoles.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade