Últimas Notícias
Brasil

Pai de jornalista é morto durante tentativa de assalto em Porto Velho

Um homem de 50 anos, identificado como D'vângelo Cavalcante do Nascimento, foi baleado e morto na noite de terça-feira (14) enquanto trabalhava como vigilante em um galpão no residencial Cristal da Calama, bairro Planalto, zona leste de Porto Velho. D'vângelo era pai do jornalista Jefferson Oliveira, da Rede Amazônica, e militar reformado do Exército Brasileiro.


De acordo com o boletim de ocorrência feito pela Polícia Militar (PM), a vítima estava de plantão como vigia no período noturno quando criminosos invadiram o local.

Imagens do sistema de monitoramento mostram o momento em que dois suspeitos pulam a cerca pelos fundos do galpão (assista abaixo).

Em seguida um deles aparece em posse de uma arma de fogo, aponta na direção de D'vangelo e efetua um disparo contra a vítima, que é atingida no tórax. Os suspeitos então fogem sem levar nada.

A equipe do Samu, que havia sido acionada, constatou o óbito do D'vâgelo. Uma equipe da Delegacia de Homicídio também esteve no local.

Ao g1, o Setor de Investigação (Sevic) da Delegacia Especializada em Crimes Contra a Vida (DECCV) informou que inicialmente a ocorrência havia sido enviada para a delegacia, mas por existir "a intenção de roubo", foi encaminhada à Delegacia de Patrimônio.

"Até a intenção de roubar já é latrocínio por isso foi enviada para a delegacia especializada. Com a informação preliminar que recebemos aqui, os suspeitos chegaram lá com o intuito de roubar. Eles chegaram de levar a mochila dele[vítima], tiraram o que tinha dentro, depois jogaram a bolsa fora na hora da fuga", setor de investigação da DECCV.

A ocorrência foi registrada como latrocínio, quando o resultado do assalto termina em morte, e foi encaminhada à Delegacia de Patrimônio.

Nota de pesar

D'vângelo era pai do jornalista Jefferson Oliveira, que é colaborador do Grupo Rede Amazônica em Porto Velho. Em nota, a empresa lamentou a morte do vigilante e se solidarizou com a família.

O militar reformado deixa a esposa, Fátima Aro Mendonça, e três filhos: Mariane Melino Oliveira, Driely Nazinha e o jornalista Jefferson Oliveira.

Fonte: G1RO.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade