Últimas Notícias
Brasil

Idosa perde controle de carro e atropela três pessoas na calçada; assista

Dois idosos, uma mulher de 79 anos e um homem de 75, e um homem de 40 acabaram feridos; carro da motorista só parou após bater em outro muro

Três pessoas, entre elas dois idosos, ficaram feridos depois que uma mulher de 73 anos passou mal ao volante no momento em que estacionava para ir em um açougue no bairro Tirol, na região do Barreiro, em Belo Horizonte. O acidente aconteceu no fim da manhã de segunda-feira (13), mas viralizou nesta terça (14) após as imagens de câmeras de segurança que flagraram o ocorrido circularem nas redes sociais.



No vídeo, é possível ver um casal de idosos parado próximo a um carro, sobre o passeio, quando o Toyota Corolla surge, atingindo eles e o outro pedestre, de 40 anos, que caminhava na calçada.


Confira:



Segundo a Polícia Militar (PM), o atropelamento aconteceu por volta das 11h na rua Edmon de Souza Melo. Aos policiais, a motorista contou que se lembra apenas que estava estacionando em frente ao açougue, em baixa velocidade. Em seguida, ela retomou a consciência já parada dentro de um lote vago, com algumas pessoas contando que ela teria causado um atropelamento.


A idosa disse que não se lembrava de nada, que não sabia o que teria causado o acidente e que, possivelmente, passou mal. Antes de atingir as vítimas, o carro ainda bateu em dois carros estacionados e derrubou o telhado de um comércio, antes de derrubar uma cerca de arame farpado e parar no muro de lava-jato, do outro lado do lote vago.


A idosa de 79 anos que foi atropelada sofreu um corte profundo na cabeça e provável fratura em um dos tornozelos. Já o senhor, de 75, que estava com ela, sofreu diversas escoriações pelo corpo. Os dois foram socorridos para o Hospital de Pronto-Socorro (HPS) João XXIII.


Já o pedestre de 40 anos, que também seguia para o açougue, sofreu ferimentos na face e costas e foi levado para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Barreiro. A motoristas que causou o acidente apresentou pressão alta, mas recusou o atendimento médico.  (O TEMPO)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade