Últimas Notícias
Brasil

Três pessoas são presas durante operação da PF contra exploração ilegal de madeira em RO

Três pessoas foram presas em flagrante, até a quinta-feira (26), através da operação da Polícia Federal (PF) contra exploração de madeira e garimpo na Terra Indígena Zoró, que fica ao lado da Reserva Roosevelt no município de Espigão D'Oeste (RO).


As ações da PF, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), acontecem desde o início da semana.

Na quinta, as principais madeireiras de Espigão D’Oeste foram fiscalizadas e três foram interditadas por irregularidades.

Além disso, três pessoas foram presas. Uma delas é suspeita de falsificar o documento que regulariza a madeira para transporte e comercialização.

Os agentes concentraram as ações na estrada que da acesso a reservas indígenas próximas ao Município. Uma das principais rota da extração ilegal de madeira. Um dos objetivos deles é descobrir qual a rota que a madeira faz para chegar ao ponto final.


Entenda

A operação da PF e Ibama foi iniciada no início desta semana, quando eles encontraram uma grande estrutura no meio da TI Zoró para extrair a madeira de forma ilegal. No local tinha até uma pista de pouso para avião.

Dentro da reserva Zoró foi descoberto um início de desmatamento da floresta e, segundo a PF, os criminosos faziam a retiradas de árvores de forma seletiva (quando apenas árvores de alto valor são retiradas).

Cerca de 50 agentes federais e do Ibama participaram da operação de combate a extração ilegal de madeira.

Fonte: G1RO.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade