Últimas Notícias
Brasil

PF investiga grupo que falsificava laudo psicológico para comprar arma

Grupo especializado na elaboração de laudos psicológicos falsos é alvo da Operação Laverna deflagrada pela Polícia Federal, na manhã desta quarta-feira (25/5). Os documentos fraudados eram usados para inserção no sistema da Polícia Federal (Sinarm), que regula a aquisição, porte, renovação e transferência de arma de fogo.

São cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, sendo três em Tucuruí (PA) e um em Marabá (PA).

De acordo com a PF, o esquema criminoso era voltado para simulação ou falsificação de requisitos previstos no Estatuto do Desarmamento. A corporação acredita que, comprovada a falsidade dos laudos de avaliação psicológica, aumentam os indícios de que outros requerimentos intermediados pelos suspeitos também tenham sido fraudados.

Os investigados, caso sejam condenados, estarão sujeitos a penalidades que variam de dois a seis anos de reclusão e multa. O nome da operação faz alusão à deusa romana dos ladrões, trapaceiros e do mundo inferior.

Fonte: Assessoria.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade