Últimas Notícias
Brasil

Pai mata filhas e por horas disse que elas estavam como reféns

Um homem foi preso por ter matado as próprias filhas, de 5 e 6 anos, com cortes no pescoço, em Taquarituba, no interior de São Paulo (SP). Ele anunciou que fazia as garotas reféns dentro da própria casa e negociou a libertação com a polícia por horas, na tarde dessa terça-feira (24/5).


Houve intensa movimentação de militares no local, com uso de equipes especializadas para salvar as crianças. No entanto, um equipamento do Corpo de Bombeiros mostrou que as vítimas não se mexiam.

Quando a polícia encontrou uma brecha e invadiu a residência, achou Natáli, de 5 anos, e Natanaeli, de 6, já sem vida e com cortes no pescoço. Foram cerca de seis horas de negociação, segundo o portal G1 Itapetininga e Região.

Comoção

A história dramática começou quando o Corpo de Bombeiros foi acionado para ver um vazamento de gás na casa em que estavam as crianças. Quando a equipe de militares chegou, encontrou o pai das garotinhas. Ele disse que mantinha as filhas reféns dentro do imóvel, mas sem comprovar que elas estavam vivas. O homem argumentou que elas estavam amarradas.

O pai das crianças foi preso pelos homicídios. A mãe seria separada dele e teria deixado as duas filhas na casa para ir ao trabalho.

As duas mortes causaram grande comoção na vizinhança. Moradores fizeram orações enquanto uma equipe do IML retirava os corpos das garotas, de acordo com o G1.

Fonte: Por Metrópoles e G1.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade