Últimas Notícias
Brasil

FALHA: População denuncia falta de atendimento odontológico na UPA Sul

Quem já teve uma dor de dente, sabe o quanto é difícil suportar o incômodo, além da dificuldade de buscar tratamento que caiba no bolso, ainda mais em tempos de dinheiro curto.


Uma das alternativas viáveis seria buscar tratamento gratuito na UPA da zona Sul, que tem um setor de urgência e emergência odontológica. 

Mas, de acordo com pacientes, o setor está desativado há mais de dois anos, por conta da pandemia da Covid-19. 

“Com o afastamento de muitos servidores por doenças, como a própria Covid, pegaram os profissionais de odontologia e os colocaram para fazer coleta de exames (swab). Isso foi muito importante, mas quem quiser atendimento tem que ir para a UPA da zona Leste”, afirma Fernanda Moreira, que precisou do serviço e não conseguiu.

Ainda segundo a população, muitos que vão à UPA Sul com dor, não tem como ir para UPA Leste. 

“Sinceramente, creio que querem desativar a odontologia para a população carente. Aos finais de semana, a procura é grande. Mas as cadeiras sempre têm problemas ou estão quebradas, além de faltar material todos os dias”, desabafou uma médica que hoje atua em uma unidade com o Programa Saúde da Família.

Outro profissional que também já trabalhou na UPA Sul confirmou que o serviço não está recebendo a atenção necessária.  

"Já há os profissionais contratados e equipamentos. Em vez de criar mais uma unidade de emergência 24 horas na odontologia, o pedido que sempre recebemos é que restabeleçam o atendimento na UPA Sul para desafogar a UPA Leste. Isso deve amenizar as dores dos mais necessitados dessa região da cidade e até pessoas de municípios vizinhos que nos procuram”.

 

Respostas

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), informou que todas as unidades básicas de saúde da zona urbana têm atendimento odontológico nos períodos da manhã e tarde, para pacientes com ou sem dor. 

Também há atendimento nos centros de especialidades odontológicas localizados nas policlínicas Hamilton Gondim, José Adelino e Manoel Amorim de Matos, com horário das 07 às 19 horas, além da UPA Leste.

A Semusa também divulgou que na UPA Sul o atendimento retornará, provavelmente, até o fim do primeiro semestre.

Fonte: Felipe Corona/Rondoniaovivo.


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade