Últimas Notícias
Brasil

Bolsonaro diz que serão convocados 1.250 novos agentes para PF e PRF

Presidente ressaltou que convocação desse montante, em vez de 2.000, foi "o que deu para fazer" com crédito extra de R$ 2,5 bi no orçamento

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta terça-feira (3/5) que “foi acertado” abrir mais 625 vagas para os aprovados nos últimos concursos da Polícia Federal (PF) e outras 625 vagas dos candidatos que passaram nas provas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), totalizando 1.250 novos agentes para ambas as polícias. A declaração foi feita a apoiadores, no Palácio da Alvorada, e foi transmitida por um canal simpatizante ao governo.



Nessa segunda-feira (2/5), diante de concurseiros que estavam no cercadinho da Alvorada, o chefe do Executivo federal telefonou para o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, para tratar sobre o assunto. Ele pediu para que o ministro discutisse com o Ministério da Economia a convocação de mil servidores para cada corporação.


Segundo Bolsonaro, a ideia é que outras forças policiais sejam beneficiadas ainda este ano, após o período eleitoral. Durante a conversa com simpatizantes nesta terça, ele explicou o recuo dizendo que “foi o que deu para fazer” com o projeto aprovado no Congresso Nacional que abriu crédito suplementar de R$ 2,57 bilhões no orçamento.


“Ontem foi acertado mais 625 vagas para cada força. Foi o que deu para fazer com o PLN 01. Agora, os demais vão ter outra oportunidade, talvez este ano ainda, acabando as eleições. […] Tudo que foi possível fazer eu fiz, vocês já são excedentes”, afirmou.


No dia anterior, o presidente trabalhava com a ideia de chamar 2 mil novos agentes da PF e da PRF. No mês passado, ele havia anunciado que 500 profissionais de cada órgão seriam convocados. Com o novo número anunciado nesta terça, a expectativa é de que sejam chamados 1.250 novos policiais.


Reajuste de 5%

A declaração de Bolsonaro ocorre em um momento em que os profissionais de segurança pública estão insatisfeitos com o reajuste linear de 5% anunciado pelo governo para os servidores federais.


O Ministério da Economia quer que o percentual se aplique a todo o funcionalismo público. Os policiais fazem parte da base eleitoral do atual presidente da República.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade