Últimas Notícias
Brasil

Jacaré é atropelado e morre no Espaço Alternativo em Porto Velho

Biólogos destacam que a expansão das cidades faz com que os animais silvestres apareçam mais em áreas urbanas: "aqui, antes de ser cidade, era a Floresta Amazônica".

Um jacaré morreu após ser atropelado na última quinta-feira (21), no Espaço Alternativo em Porto Velho. O registro do animal em via pública foi feito por um morador que passava pelo local. Ao g1, especialistas disseram que o aparecimento tem relação com a expansão das cidades para áreas que eram de floresta.

Jacaré é atropelado e morre em via pública em Porto Velho


O biólogo Flávio Terassini conta que o animal atropelado é conhecido com jacaré-coroa, um dos menores do mundo.


"O jacaré da foto já é adulto, eles não passam de 2 metros. Esse tipo de incidente ocorre pois infelizmente ele estava migrando de um lado da pista para o outro. Naquela região tem um igarapé, local em que é muito comum o aparecimento de jacarés, cobras, bichos-preguiça, lagartos, até capivaras. É um ambiente muio preservado em que temos muitos animais da nossa fauna e as vezes eles tentam atravessar a rodovia quando, infelizmente, acontece esses atropelamentos".

Jacaré é atropelado e morre em via pública em Porto Velho 


Quanto aos acidentes com animais silvestres, o biólogo Adriano Martins aponta a expansão das cidades para dentro das áreas de mata como um dos fatores.


"Eles [animais silvestres] já viviam aqui muito antes, pois antes de ser cidade era Floresta Amazônica. Com a expansão das cidades, eles passam a ficar restritos a algumas áreas. Assim eles buscam por novas áreas para comer e dar prosseguimento nas atividades deles".


O biólogo também explica que os animais acabam procurando por áreas que não foram completamente destruídas, como o local de mata próximo ao Espaço Alternativo, mas por estarem muito próximos da cidade, acabam sofrendo os acidentes.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade