Últimas Notícias
Brasil

Homem é preso em Porto Velho durante operação contra abuso sexual de crianças pela internet

Durante operação da PF, foram apreendidos computadores, tabletes e celulares, usados no crime de abuso sexual infanto-juvenil pela internet.

A Polícia Federal (PF) deflagrou nesta terça-feira (26) a Operação Dirty Drive, (ou condução suja, em tradução livre) contra crimes de abuso sexual infanto-juvenil pela internet. Uma pessoa foi presa em flagrante pelo delito de armazenamento de conteúdo pornográfico infanto-juvenil.

Uma pessoa é presa em Porto Velho durante operação contra abuso sexual de crianças pela internet


A prisão aconteceu durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão em Porto Velho.


Na ação, foram apreendidos computadores, tabletes e celulares, que segundo as investigações eram usados no crime de abuso sexual infanto-juvenil pela internet.


As investigações

Segundo a corporação, as investigações começaram no início de abril, a partir de relatórios enviados pelo National Center for Missing and Exploited Children (NCMEC) à Polícia Federal de Rondônia.



Em nota, a PF informou que o NCMEC "é uma organização não governamental, sem fins lucrativos, que recebeu apoio do governo norte-americano para receber denúncias sobre crimes relacionados a abuso sexual infantil e desaparecimento de crianças".


Após ter acesso ao relatório e começar as apurações locais, o Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos (GRCC) da Polícia Federal em Porto Velho, conseguiu identificar o responsável pela aquisição e armazenamento de conteúdos relacionados à materiais de abuso sexual infanto-juvenil.


Na sequência, a Justiça de Rondônia expediu mandado de busca e apreensão que foi cumprido na residência do investigado, resultando também na prisão em flagrante pelo armazenamento de conteúdo pornográfico.




« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade