Últimas Notícias
Brasil

Enem: estudantes têm até amanhã (15) para justificar ausência e solicitar isenção no exame


Resultados serão divulgados no dia 22 de abril

 

Encerra amanhã (15) o período para o pedido de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022 e o período de justificativas de ausência na edição do ano passado. Os participantes devem realizar o processo através da Página do Participante até as 23h59. O resultado dos dois processos será divulgado no dia 22 de abril, conforme anunciado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).


Pode solicitar a isenção estudantes de escola pública que estão na última série do ensino médio em 2022. É possível ter direito ao benefício quem cursou todo o ensino médio em escola pública ou na condição de bolsista integral em escolas privadas cuja renda per capita seja igual ou inferior a um salário mínimo e meio.

Além desses, é garantida a isenção aos participantes declarados em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por serem membro de família de baixa renda, e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Os solicitantes deverão informar o número de Identificação Social (NIS) único e válido. No site do Inep é possível conferir um passo a passo de como solicitar a isenção.

Justificativa de ausência no Enem 2021

Estudantes isentos da taxa de inscrição no Enem 2021 e que faltaram aos dois dias de prova precisam justificar a ausência para solicitar a isenção na edição de 2022. É preciso enviar documentação datada e assinada que comprove a ausência. Os materiais devem ser encaminhados nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2 MB.

Conforme explicação no site do Inep são motivos que justificam a ausência no exame as seguintes condições: assalto ou furto; acidente de trânsito; casamento ou união estável; morte na família; maternidade ou paternidade; acompanhamento de cônjuge ou companheiro deslocado para outra cidade no período da aplicação; privação de liberdade; emergência, internação ou repouso médico ou odontológico; trabalho; deslocamento a trabalho; intercâmbio acadêmico e atividade curricular.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil. 



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade