Últimas Notícias
Brasil

Ao achar que tinha desligado telefonema ao 190, suspeito 'confessa' ter matado criança de 6 anos em RO

Caso é investigado e tios são suspeitos por tortura e omissão de socorro. Tio recebeu guarda dos sobrinhos após sofrerem maus-tratos por parte do pai.

Durante as investigações da morte de uma criança de 6 anos em Cujubim (RO), a Polícia Civil revelou que a atendente do 190 ouviu uma espécie de "confissão" dos tios da vítima. Eles acharam que tinham desligado o telefonema quando falaram "nós matamos a criança".

Foto: Ilustrativa


O crime aconteceu na última segunda-feira (18). Os tios são suspeitos de crimes como: tortura, omissão de socorro e lesão corporal.


O caso é investigado pela Polícia Civil de Ariquemes (RO), cidade distante cerca de 119 km de Cujubim. O delegado regional Ricardo Rodrigues informou que após a ligação, uma equipe da Polícia Militar (PM) se deslocou à zona rural de Cujubim para realizar as diligências.


"A pessoa que fez a ligação não percebeu que não havia desligado o telefone e comentou 'nós matamos a criança'", informou o delegado Rodrigues.

Ainda de acordo com o delegado, o tio da criança, identificado como Fernando Almeida, de 24 anos, recebeu a guarda tutelar do menino e do irmão dele, após as vítimas sofrerem maus-tratos por parte do pai. O pai das crianças é o irmão de Fernando.


No local do crime, a tia, também responsável pela criança, relatou que o menino havia caído de uma escada no último sábado (16), mas que ela e o companheiro decidiram chamar a polícia só na segunda-feira (18), depois que a criança teve dificuldade na respiração.


"Ela contou que depois que o menino caiu da escada o tio ainda bateu nele com um cipó. No dia seguinte à queda, o menino apresentou os olhos arroxeados e reclamou de dor, mas eles não prestaram socorro, pois tinham medo de algo pudesse acontecer com eles".

Após ser conduzida e ouvida na Unidade Integrada de Segurança Pública (Unisp), pelo delegado plantonista, a mulher recebeu voz de prisão.


"O delegado plantonista entendeu que quando a criança não havia morrido ainda, era um homicídio tentado qualificado. Em razão da omissão penalmente relevante, pois deixaram a criança com todos esses sinais até que tenha ficado nesta situação".

Foragido

Fernando Almeida, tio, suspeito em morte de criança de 6 anos, em Rondônia


O tio da vítima, antes que a polícia chegasse ao local, fugiu e levou o irmão da vítima, uma criança de quatro anos. Ele é considerado foragido. Fernando Almeida, está armado com uma espingarda, segundo as investigações.


A polícia pede ajuda à população para obter informações que possam levar ao paradeiro do suspeito. Informações podem ser feitas pelo 190, 197 ou (69) 3535-3510.




« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade