Últimas Notícias
Brasil

Rondoniense vai disputar a liga brasileira feminina de basquete

Pelo Sport Recife, Khállyta vai atuar ao lado de feras como a jogadora cubana Casamaior, um dos destaques da seleção de Cuba

A ala-pivô ji-paranaense Khállyta Lopes se prepara para a disputa da Liga Brasileira Feminina (LBF) de basquete. Recentemente, a jogadora de 20 anos, assinou contrato com o Sport de Recife e vai defender as cores do clube Rubro-Negro pernambucano no mais importante campeonato nacional da modalidade.

 


No início da trajetória, a atleta teve passagem pela Escolinha de Basquete da Secretaria Municipal de Esportes (Semes).

 

Revelada pela professora Simone Trece, da Escola Estadual Gonçalves Dias, Khállyta chegou à Escolinha da Semes ainda muito nova. Ela destaca-se em treinamentos e competições disputadas, como os Jogos Intermunicipais de Rondônia (JIR-2017), em Ariquemes e JIR-2018, na cidade de Cacoal.

 

Para o professor Jairo Pereira, que trabalhou nos últimos anos com a atleta, a jovem sempre foi uma aluna determinada e de grande potencial. “Ela treinou comigo desde esse período. Durante a pandemia, intensificou os treinos, no ginásio Gerivaldão, sonhando um dia jogar na Liga Brasileira Feminina”, lembrou.

 

Defendendo o basquete de Ji-Paraná, Khállyta conquistou o título de Campeã da Taça Jipa 2020 diante dos times de Porto Velho. Disputou também o Campeonato Brasileiro de Basquete Feminino, em 2021, pelo Rio Grande do Norte, ganhando o troféu “Norminha” como um dos destaques da competição.

 

Pelo Sport Recife, Khállyta vai atuar ao lado de feras como a jogadora cubana Casamaior, um dos destaques da seleção de Cuba. (JARU ONLINE)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade