Últimas Notícias
Brasil

Probabilidade do rio Madeira atingir 15 metros é baixa, diz CPRM em Porto Velho

Na última semana, segundo órgão, nível do rio apresentou redução. Nesta segunda-feira (14), madeira estava com 13,17 metros.

O nível do rio Madeira deve se manter estável nos próximos dias em Porto Velho, segundo estima o 10° Boletim de Monitoramento da Bacia do Rio Madeira, divulgado nesta segunda-feira (14).

Rio Madeira, em Porto Velho 


No boletim, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) indica a ocorrência de chuvas dentro da normalidade nos próximos dias e, diante disso, o rio deve manter seus níveis.


"Existe a possibilidade de que a cota de atenção (de 14 metros) seja alcançada, caso as chuvas ocorram de modo mais intenso do que o previsto pelo modelo consultado. Contudo, não se vislumbra uma probabilidade significativa de que o rio atinja a cota de alerta, de 15 metros", diz.


Na última semana o Madeira apresentou níveis abaixo do esperado para este período do ano, segundo o CPRM. Nesta segunda-feira (14), a régua de medição na capital marcava 13,17 metros.


O rio Madeira havia entrado em cota de atenção no fim de semana retrasado e chegou a marcar 14,12 metros, o que é considerado nível de atenção pelas autoridades.


Ao longo desta semana houve uma redução no acúmulo de chuva, na cabeceira do Madeira, e isso fez o rio baixar praticamente um metro.


Cota de alerta e transbordamento

Segundo a Defesa Civil, o rio entra em cota de alerta se atingir 15 metros e de transbordamento aos 17 metros.


Mesmo entrando em cota de atenção na semana passada, o rio Madeira ficou abaixo do que era registrado no mesmo período do ano passado, quando a água chegou aos 15,89 metros.


Quando registrou a cheia histórica, em 2014, o nível do rio Madeira passou dos 19 metros e milhares de pessoas foram retiradas de casa.


Outro ápice do nível do rio foi em 9 de abril de 2007, quando o Madeira chegou a 17,52 metros. Na época, a enchente invadiu bairros, distritos e afetou cerca de 1,6 mil famílias somente em Porto Velho.


Segundo o CPRM, para 2022 não há probabilidade significativa que o rio chegue a cota de inundação (17 metros).(G1RO)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade