Últimas Notícias
Brasil

Maternidade mantém exigência de máscara e comprovante de vacinação

Manutenção do protocolo sanitário é voltado para a proteção de pacientes da unidade

Apesar da flexibilização das exigências sanitárias de combate à pandemia de covid-19 em Porto Velho, a Maternidade Municipal Mãe Esperança mantém o protocolo que determina o uso de máscara dentro da unidade hospitalar por pacientes, acompanhantes, visitantes e servidores.

 


Segundo Maria Alzenir Sousa da Silva, gerente-geral da maternidade, também continuará sendo exigido o comprovante vacinal das pessoas que entrarem na unidade.

 

“Trabalhamos em um ambiente com gestantes que procuram atendimento médico, seja por problemas respiratórios ou não, e que precisam de cuidados. Contamos com a colaboração da população para que o protocolo seja cumprido”, argumenta a gerente da maternidade municipal.

 

Paulina Petillo Cardoso Moraes, médica da Comissão de Controle de Infecção Hospitalar da maternidade, explica que a medida foi adotada para conter a transmissão dos vírus respiratórios. “Desta forma, estamos assegurando atendimento e internação seguros na unidade hospitalar”, destaca.

 

A direção da maternidade deixou claro que as providências estão amparadas pelo Decreto Estadual nº 26.970 de 14 março de 2022, no artigo 4º, e pelo Decreto municipal nº 17.816, de 07 de dezembro de 2021, que tratam da obrigatoriedade de comprovação de vacinação contra a covid-19 para ingresso nas repartições públicas no âmbito da Prefeitura Municipal de Porto Velho. (Assessoria)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade