Últimas Notícias
Brasil

TRAGÉDIA: Família do Mato Grosso some em Minas Gerais e carro é encontrado soterrado

Família está desaparecida há dois dias, depois de tentar pegar um atalho para fugir de engarrafamento da BR-040; corpo de uma criança teria sido localizado

Um carro com cinco pessoas de uma mesma família - que estava desaparecido há dois dias - teria sido encontrado nesta segunda-feira (10/1), no Retiro do Chalé, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

 


De acordo com informações do programa Alterosa Alerta, a família passou as festas de fim de ano em Porto Firme, na Zona da Mata.

 

O carro, um Corolla com cinco ocupantes, desapareceu no último sábado quando a família tentava passar pela BR-040 em direção ao Aeroporto de Confins, onde embarcariam para o Mato Grosso.

 

A BR foi interditada após o transbordamento do dique de contenção de água de uma barragem da região.

 

A suspeita é de que, com o engarrafamento da BR-040, a família teria tentado pegar um atalho pela Região de Casa Branca. O veículo foi visto pela última vez no pedágio de Itabirito, também na Grande BH.

 

No caminho, o carro teria sido soterrado. Ainda de acordo com o Alterosa Alerta, um morador tentava liberar a estrada e encontrou o carro.

 

Os bombeiros foram chamados para atender a ocorrência próximo ao Topo do Mundo. Segundo informações, no último sábado (8), teria havido deslizamento de terra no local.

 

Ainda de acordo com a corporação, o local é um córrego com difícil acesso que passa por dentro do terreno do condomínio.

 

No carro desaparecido estavam: Geovane vieira Ferreira, de 42 anos; Henrique Alexandrino dos Santos, de 41; Deisy Lúcia Cardoso Alexandrino Santos, de 40; Vitor Cardoso, de 6; e Ana Alexandrino Santos, de 3.

 

O possível corpo de uma criança, preso a uma cadeira, teria sido localizado.(Correio Braziliense)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade