Últimas Notícias
Brasil

Benfica anuncia a rescisão do contrato de Jorge Jesus

Após atrito com o elenco durante treino na última segunda-feira, treinador se reúne com a diretoria e deixa o cargo

O Benfica anunciou oficialmente no fim da manhã desta terça-feira a rescisão do contrato de Jorge Jesus. Após reunião entre treinador e a diretoria, o clube divulgou um pronunciamento com o desfecho da segunda passagem de JJ pelos Encarnados.



Nélson Veríssimo, técnico do Benfica B, já foi chamado para poder comandar o time principal na atividade da tarde desta terça. Ele será o comandante interino até o fim da temporada. Confira abaixo o comunicado oficial.


"A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD informa, nos termos e para o efeito do disposto no artigo 248.º-A do Código dos Valores Mobiliários, que chegou a acordo com o treinador Jorge Fernando Pinheiro de Jesus para a rescisão do contrato de trabalho desportivo com efeitos imediatos. Mais se informa que o treinador Nélson Alexandre da Silva Veríssimo assume, até ao final da presente temporada, as funções de treinador da equipa principal de futebol"


O encontro entre Jorge Jesus e a diretoria foi marcado depois de uma segunda-feira de atrito entre o treinador e o elenco do time de Lisboa. Segundo os relatos do "Record", Jorge Jesus afastou Pizzi, um dos capitães da equipe, e o colocou para treinar em separado. Porém, os jogadores reagiram contra a decisão e indicaram que também não trabalhariam em forma de protesto, até que o treinador precisou voltar atrás e reincorporar o atleta de 32 anos.


Os atletas do elenco profissional chegaram a ir ao CT do Benfica para participar de um treinamento marcado para a manhã desta terça. Porém, diante da crise, a atividade foi adiada para a tarde, e os jogadores deixaram o local logo depois de chegarem.


Jorge Jesus já vinha tendo sua saída do Benfica cogitada diante da irregularidade da equipe na temporada 2021/22. Apesar de conseguir a vaga nas oitavas de final da Liga dos Campeões, o treinador ficou para trás na disputa pelo título português e não vem conseguindo fazer o time ter bom desempenho nos confrontos diretos com os rivais Sporting e Porto.


O Flamengo esteve em Portugal nas últimas semanas representado por Marcos Braz, vice-presidente de futebol, e Bruno Spindel, diretor de futebol. Ambos conversaram com Jorge Jesus, mas diante da falta de convicção do treinador, o Rubro-Negro acertou com o também português Paulo Sousa.


Também no início desta terça-feira, o Atlético-MG anunciou a saída de Cuca, que alegou problemas familiares. Com a saída de Jorge Jesus do Benfica, o português passa a ser o principal alvo do clube mineiro, que chegou a demonstrar interesse no treinador ainda em 2019, antes do acerto com o Flamengo.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade