Últimas Notícias
Brasil

Investigado por explosão de caixa eletrônico na Assembleia está entre os 26 mortos pela Polícia em Minas

Nunis Azevedo Nascimento, 33 anos, investigado pela Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Porto Velho, também está entre os 26 criminosos que morreram, durante um confronto com a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, neste domingo (31), em Varginha, no sul de Minas Gerais.



De acordo com informações apuradas pelo site, Nunis era investigado pelo crime de roubo de um caixa eletrônico na Assembleia Legislativa, em Porto Velho, no dia 16 de janeiro deste ano. Os ladrões explodiram o caixa.


O foragido da justiça Gerônimo da Silva Souza, 27 anos, procurado pela Delegacia de Homicídios de Porto Velho, também morreu no confronto. Ele era acusado de assassinar a tiros o proprietário de um pet shop, Henrique Fernandes Barbosa, 33 anos, no dia 11 de março deste ano, no bairro Mocambo, na capital rondoniense.


O confronto


Neste domingo, durante uma operação da PM e PRF, a quadrilha que ele fazia parte, com criminosos de alta periculosidade, conhecida como “novo cangaço”, trocou tiros com os policiais. Na ação, 26 bandidos morreram. Segundo a Polícia, o bando atuava no roubo de bancos.


O confronto ocorreu em duas chácaras da cidade. Na primeira, 18 criminosos, foram mortos quando atacaram os policiais. Na segunda chácara, foram sete mortos. O grupo estava armado com um arsenal de guerra, explosivos, muita munição e coletes a prova de balas, segundo apurou as autoridades policiais.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade