Últimas Notícias
Brasil

Homem é preso após ameaçar mulher com espingarda em zona rural de Porto Velho

Agressor chegou a disparar a arma de fogo; bala acertou parede da casa.

Um mulher de 58 anos denunciou o esposo, de 51, após ser ser ameaçada de morte com uma espingarda calibre 16. O crime de violência doméstica aconteceu na terça-feira (16) na estrada Joana D'arc, zona rural de Porto Velho.

Caso foi atendido pela PM na zona rural de Porto Velho

De acordo com o boletim de ocorrência, a Polícia Militar (PM) foi avisada sobre as ameaças por vizinhos que ouviram disparos de arma de fogo.


Ao chegar no local indicado, a dona da casa informou que havia sido ameaçada pelo esposo, armado com uma espingarda calibre 16.


À PM, a mulher explicou que durante o dia o esposo ingeriu bebida alcoólica em casa e em dado momento pegou a garrafa de bebida e foi para o rio. Ao retornar, ele estava agressivo com ela, pois havia se machucado no momento da pesca.


A vítima contou que quando o esposo chegou na residência, pegou um vidro de pimenta e passou o tempero na lesão feita durante a pescaria. Depois jogou o restante do liquido no chão da casa e mandou a mulher limpar a sujeira.


Como a mulher não esboçava reação às ofensas, o agressor passou a jogar as panelas com comida no chão da casa.


Depois ele pegou a espingarda calibre 16 e apontou para a vítima e efetuou um disparo na direção da parede da residência, deixando um buraco no local.



Logo depois o agressor saiu e foi ao bar próximo da casa. Temendo que ele pudesse cumprir a ameça, a vítima disse que pegou a arma e lançou no lago, mas em seguida o agressor voltou a residência e adormeceu.


Após ouvir a vítima, a PM deu voz de prisão ao agressor e informou os direitos constitucionais. Ele foi apresentado na Central de Polícia.


A vítima entregou à PM uma caixa aberta com os seguintes objetos:


4 cartuchos intactos de espingarda calibre 16;

5 cartucho de espingarda calibre 16 deflagrados;

1 cartucho intacto de calibre 32

A mulher também disse que o esposo faz uso diário de bebidas alcoólica e mostrou no celular dela fotos do furo na parede da casa, resultado do disparo da espingarda.


Ciclo da violência

A violência doméstica funciona como um sistema circular, o chamado Ciclo da Violência Doméstica, que apresenta três fases: tensão, explosão e lua de mel.


No ciclo da violência, o agressor também é um abusador emocional. Além desse homem agredir fisicamente a companheira, ele a manipula por meio de palavras opressoras, deixando-a cada vez mais fragilizada.(G1RO)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade