Últimas Notícias
Brasil

Mesmo não sendo comum, Sipam não descarta novos tornados em Porto Velho

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informou ao RONDONIAGORA, na tarde desta sexta-feira (29), que não descarta a possibilidade de novos tornados em Porto Velho. O meteorologista, Marcelo Gama, explicou o fenômeno que aconteceu na capital.



O profissional técnico diz que ainda não há uma compreensão completa sobre como os tornados se formam. “Mas de modo geral, podemos dizer que na manhã de ontem, uma linha de instabilidade se formou, desde o Noroeste do Mato Grosso, e a mesma se deslocou em direção de Porto Velho e provavelmente o encontro das massas de ar em nossa capital desencadeou este tornado”, explicou Marcelo Gama.



Conforme as imagens e vídeos observados, o meteorologista afirma que foi um tornado de pelo menos de intensidade F0, na escala Fujita, que é a escala que mede as intensidades dos tornados.


Questionado sobre a possibilidade de novos tornados, o meteorologista disse que pode voltar a acontecer. “Mesmo não sendo comum ter tornados em nossa região, este fenômeno poderá a ser registrado novamente, desde que tenhamos condições atmosféricas propicias”, esclareceu Marcelo Gomes.


Segundo o meteorologista, no local onde ocorreu o fenômeno, não existe nenhuma estação meteorológica para registrar a velocidade do vento, mas no aeroporto internacional Governador Jorge Teixeira foi registrado rajada de vento de 55,6 km/h. “Com certeza no local onde ocorreram os danos a velocidade do vento superou em muita essa rajada”, disse.


O que são os tornados?


De acordo com o Sipam, os tornados são redemoinhos atmosféricos que giram em torno de um centro de baixa pressão e são formados sob nuvens cumulonimbus, devido a contraste de temperatura de 2 massas de ar.(Rondoniagora)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade