Últimas Notícias
Brasil

O corpo da brasileira Lenilda Pereira Oliveira foi encontrado na quarta-feira dia 15 de Setembro no deserto do Estado do Novo México.

Lenilda tinha um sonho de uma vida melhor e por essa razão decidiu enfrentar a arriscada viagem e a travessia pela fronteira do México. 

Lenilda deixou toda sua família, inclusive duas filhas, na cidade de Vale do Paraíso, Rondônia, e começou sua longa jornada. Lenilda seguiu essa viagem confiante de que chegaria ao seu destino final no Estado de Ohio pois estava viajando com conhecidos e amigos de infância. Infelizmente, esse não foi o caso. 



Na terça-feira dia 7 de Setembro, Lenilda e seus companheiros de viagem atravessaram a fronteira ilegalmente em direção a cidade de Deming Novo México. Sem ter noção do que iria enfrentar naquele deserto, Lenilda começou a tão difícil jornada. 

Após algumas horas de caminhada debaixo daquele sol escaldante, Lenilda começou a passar muito mal e estava muito desidratada. Com medo de serem detidos pela patrulha da Fronteira seus companheiros de viagem a deixaram só naquela situação. Seus companheiros de viagem, mesmo sabendo de sua condição, não contataram a Patrulha da fronteira. Lenilda mesmo naquela condição com seu telefone que trouxe do Brasil enviou sua localização por WhatsApp a familiares no Brasil. 

Ela também também enviou áudios pelo aplicativo pedindo ajuda desesperadamente pois sua condição era grave e precisava de água. Não seguindo o exemplo de seus supostos amigos, a família imediatamente tentou ajudar e entrou em contato com diversas pessoas, advogados, amigos, e alguns parentes nos Estados Unidos que tentaram ajudar. 

A família reportou o abandono para a Patrulha da Fronteira e imigracao quais fizeram uma busca mas não tiveram sucesso localizando Lenilda mesmo fazendo busca aérea. Após 5 dias sem encontrá-la, a família de Lenilda entrou em contato com Vilanova Enterprises. Kleber Vilanova, brasileiro, natural de Goiânia e presidente da Vilanova Enterprises, uma Empresa que presta diversos serviços para comunidade brasileira e latina nos Estados Unidos, assumiu o controle do caso. 

Kleber por ser brasileiro e falar portugues decidiu que iria pessoalmente trabalhar no caso. Minutos depois de ser contactado pela família, Kleber imediatamente entrou em ação. Trabalhando diretamente com a Patrulha da fronteira e a imigração uma nova busca foi exigida em mais detalhes. Após dois dias de intensa busca da Patrulha da Fronteira e a colaboração da Vilanova Enterprises, Lenilda foi encontrada sem vida.

A família de Lenilda agradece imensamente o excelente trabalho de Kleber Vilanova e sua equipe junto a patrulha da fronteira e imigração. A família também deseja trazer atenção a milhares de brasileiros que colocam suas vidas em risco ao fazerem esse trajeto.

"Muito cuidado! Pare e pense! Vale a pena?" 



« VOLTAR
AVANÇAR »

3 comentários

  1. Exelente trabalho, parabéns a toda equipe Vilanova

    ResponderExcluir
  2. Parabéns, Kleber Vilanova! O Brasil precisa de pessoas como você para nos assistir no exterior! Deus o abençoe.

    ResponderExcluir

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade