Últimas Notícias
Brasil

Estudante de medicina mata os pais, comete suicídio e deixa mensagens macabras

No imóvel, foram encontradas uma série de mensagens escritas em páginas de uma Bíblia e nas paredes

Policiais encontraram uma cena caótica no apartamento na Praia da Costa, em Vila Velha (ES), onde um filho matou os pais na madrugada desta quarta-feira (4). No chão, haviam páginas arrancadas de uma Bíblia. Nas paredes e no chão, estavam pintados com crucifixos invertidos. Haviam também garrafas de bebida espalhadas.



O casal, o médico urologista e pastor da Igreja Batista Missão Praia da Costa, Paulo de Oliveira César, de 68 anos, e Raquel Heringer Cesar, de 61 anos, foram mortos a facadas pelo filho, Guilherme Heringer Cesar, de 22 anos, segundo a polícia.


Segundo levantamento dos agentes, os pais dormiam em quartos separados e o filho atacou primeiro a mãe, com um golpe de faca no pescoço.


Em seguida, o pai teria escutado o movimento e corrido para o banheiro, mas foi alcançado pelo jovem. Ele tentou lutar, mas acabou morrendo esfaqueado.


A polícia encontrou o corpo de Raquel enrolado em um lençol em cima da cama e o de Paulo no banheiro, atrás da porta.



Após o crime, Guilherme teria encaminhado uma mensagem para um familiar dizendo que teria cometido uma “besteira”. De acordo com a PM, por volta das 04h, o rapaz teria tirado a própria vida.


Os corpos foram encontrados pelo familiar que recebeu a mensagem. Ele acionou a polícia e os corpos foram encaminhados ao Departamento Médico Legal de Vitória.



Além dos corpos dos pais, os agentes encontraram diversos símbolos satânicos. Em um cartaz, o garoto teria escrito: “Festejai o céu. O diabo desceu até vós, pouco tempo lhe resta”. O versículo faz referência ao livro de Apocalipse.


Haviam também cruzes invertidas desenhadas na parede e um recado em uma página da bíblia: “ele me obrigou”.


O caso foi registrado como duplo homicídio com uso de arma branca, segundo a Polícia Civil. De acordo com informações apuradas pelo Departamento Especializado de Homicídio e Proteção à Pessoa, o suspeito, filho do casal, cometeu suicídio logo após o crime.


A arma do crime foi apreendida e encaminhada para perícia. Ainda serão conduzidas investigações. (yahoo)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade