Últimas Notícias
Brasil

Duas pessoas são presas após anunciarem cigarros contrabandeados em aplicativo de entregas em Guajará-Mirim, RO

Polícia Federal recebeu uma denúncia anônima do crime. Uma mulher foi flagrada trabalhando na empresa sem carteira assinada.

Um brasileiro de 33 anos e uma boliviana de 32 foram presos nesta terça-feira (10) em Guajará-Mirim (RO) pela venda de cigarros contrabandeados do Paraguai. A ação da Polícia Federal (PF) aconteceu após uma denúncia anônima.

Maços de cigarros foram apreendidos pela PF em Guajará-Mirim
Maços de cigarros foram apreendidos pela PF em Guajará-Mirim

Segundo a PF, um denúncia informou que no estabelecimento comercial dos envolvidos estavam sendo anunciados cigarros de marcas contrabandeadas por meio de um aplicativo de entrega de refeições.


Após constatar que o anúncio dos produtos estava mesmo sendo feito, os policiais foram até o local e encontraram 196 maços. Os investigados confessaram o crime e informaram que tinha adquirido os cigarros paraguaios na Bolívia.


Uma jovem de 18 anos foi flagrada trabalhando no local há cerca de dois anos sem carteira assinada e recebendo menos de um salário mínimo.


Os dois investigados foram presos, autuados e encaminhados ao presídio da cidade.(G1RO)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade