Últimas Notícias
Brasil

CARNAVAL 2022: Banda do Vai Quem Quer se prepara para desfile do bloco no ano que vem

Apesar da preparação, presidente afirmou que só ira às ruas com a pandemia controlada e a liberação da Prefeitura de Porto Velho

A presidente da Banda do Vai Quem Quer, maior bloco carnavalesco da região Norte, Siça Andrade, afirmou com exclusividade ao site, nesta quinta-feira (26), que pretende levar o desfile às avenidas de Porto Velho em 2022.

 


Um ano de paralisação, sem prejuízos, após acordo em reunião para não realização do evento em 2021, a Banda deve dar a partida no ano seguinte. 

 

De acordo com Siça, a decisão é aguardada pela Prefeitura de Porto Velho. Um decreto deve ser publicado em dezembro para liberação ou veto das avenidas.

 

“Dependemos de um decreto emitido pelo Prefeito, chamado Decreto do período momesco, onde autoriza o carnaval para uso das vias públicas. Portanto, não tenho como afirmar se o Decreto vai permitir ou não”, declara.

 

Siça afirmou também que na última semana, o presidente da Fundação Cultural de Porto Velho, Márcio Miranda, disse que a Funcultural estaria preparada para realização do evento em 2022.

 

“O presidente Marcio Miranda, me convidou para um café na semana passada e afirmou que a Fundação Cultural está preparada para o carnaval, porém, depende também deste Decreto”.

 

Siça garantiu ao site, que a Banda só sair às ruas da capital, com a população vacinada. “Se o país tiver com controle da pandemia e desde que autorizado pelo poder público, iremos para avenida sim”.

 

Comércio movimentado

 

O último desfile da Banda do Vai Quem Quer, em 2020, reuniu mais de 150 mil pessoas na capital. Foi a 40º vez que o bloco saiu as ruas de Porto Velho.

 

Criticado por diversas religiões, o carnaval seria um dos eventos que mais traz resultados para a capital. De acordo com a presidência da Banda, neste período o comércio fica movimentado e atrai turistas de vários lugares.

 

Ainda conforme Siça Andrade, hotéis e restaurantes costumam registrar superlotações, devido ao grande número de estrangeiros e pessoas do Amazonas e Acre que vêm desfrutar do evento na capital. 

 

Recomeço

 

Para a presidente da Banda, a volta às ruas de Porto Velho é uma dose de esperança para o retorno da vida normal. “Se controlada a pandemia, vejo como um momento de reencontros e muita alegria. Mas, também, um dia nostálgico para aqueles que perderam familiares ou amigos’, finalizou.


O site entrou em contato com a Funcultural, mas não obteve resposta sobre a realização do carnaval em 2022. (Rondoniaovivo)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade