Últimas Notícias
Brasil

'Barco Saúde' inicia viagem pelo rio Madeira para levar 2ª dose da vacina contra a Covid em RO

Moradores ribeirinhos receberam em junho a primeira dose da vacina contra a Covid. Segundo prefeitura, aqueles que perderam a 1ª dose em junho, agora receberão vacina de dose única.

Moradores ribeirinhos do baixo Madeira começarão a ser vacinados, a partir da segunda-feira (16), com a segunda dose da vacina contra o coronavírus em Porto Velho. A imunização será feita através do Barco Saúde.

Barco Saúde partirá neste domingo (15) para levar atendimentos a moradores do baixo Madeira


A expedição com 34 pessoas, sendo 22 profissionais de saúde e 12 da equipe da tripulação, partirá do porto da Estrada de Ferro Madeira-Mamoré neste domingo (15).


Entre os distritos que vão receber a segunda dose da vacina estão: São Carlos e Calama, que ficam a cerca de 140 quilômetros da área urbana da capital.


Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), esses moradores receberam em junho a primeira dose da vacina contra a Covid. À época, foram mais de 7 mil doses aplicadas nos ribeirinhos.


Abaixo, veja a programação de imunização da segunda dose no baixo Madeira:


16 e 17 de agosto: Distrito de São Carlos e região

18 e 19 de agosto: Distrito de Nazaré e região

20 e 21 de agosto: Distrito de Calama e região

Além da vacina contra a Covid, os moradores receberão outros atendimentos de saúde, como enfermagem, vacinação contra a gripe (H1N1), educação em saúde, atendimento clínico geral, ortopédico e pediátrico, dispensação de medicações, puerpério, atendimento odontológico, atendimento ginecológico, inserção e retirada de Diu, psicologia e nutrição.

"Já aqueles que perderam a 1ª dose em junho, agora receberão vacina de dose única", informou a prefeitura de Porto Velho.(G1RO)



« VOLTAR
AVANÇAR »

Um comentário

  1. Porque não vai ter vacina contra covit em cujubim grande baixo madeira

    ResponderExcluir

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade