Últimas Notícias
Brasil

Acusado de vender casa que não era dele é preso após mais de 10 anos foragido

O homem era locatário do imóvel e teria decidido fazer a 'venda' após ser expulso pela dona por não pagar os aluguéis em dia e depredar o local. O crime foi no interior do Tocantins e o suspeito foi localizado em Ji-Paraná (RO).

Um homem acusado de 'vender' uma casa que não era dele foi preso após ficar mais de 10 anos foragido. O crime foi em 2009, em Pium, região central do Tocantins. Ele foi localizado em Ji-Paraná (RO) nesta segunda-feira (30). O preso tem 52 anos de idade e não teve o nome divulgado pela Polícia Civil.

Crime foi em Pium, na região central do Tocantins 


A Secretaria de Segurança Pública explicou que na época do crime ele era inquilino da casa, mas foi expulso pela dona porque não pagava os aluguéis em dia e estava depredando o imóvel. O proprietária deu um prazo para que ele deixasse o local, mas nesse período ele começou a negociar a residência com outra pessoas, como se o imóvel fosse dele.


O acusado teria chegado a receber dois cheques que somavam R$ 3 mil da pessoa interessada em comprar a casa. Após a farsa ser descoberta, ele ainda tentou devolver as folhas para evitar uma denúncia, mas mesmo assim a vítima acabou procurando a polícia.


O homem acabou fugindo da cidade e estava com a prisão decretada desde 2013. A Justiça precisou suspender os prazos para evitar que o processo prescrevesse. O suspeito foi encontrado por uma equipe de inteligência do Tocantins, que alertou policiais em Rondônia para fazer a prisão.


O acusado está detido na Cadeia Pública e deve ser transferido ao Tocantins pelo Poder Judiciário nos próximos dias. Ele será julgado por estelionato.(G1)




« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade