Últimas Notícias
Brasil

Estudantes indígenas são público-alvo de cursinho pré-vestibular

As aulas são oferecidas pelo Projeto Colmeia.


O Projeto Colmeia Indígena está oferecendo 500 vagas para o seu cursinho pré-vestibular gratuito. A oferta é destinada ao público indígena e tem o objetivo de preparar esses estudantes para o ingresso no ensino superior através do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ou outros vestibulares, em especial o da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), que realiza o projeto em parceria com a prefeitura de Limeira (SP).


Estudantes indígenas são público-alvo de cursinho pré-vestibular

Os interessados têm até 8 de agosto para preencher o formulário eletrônico de inscrição. Podem participar os estudantes indígenas que já terminaram o ensino médio ou estão no último ano dessa etapa de formação e vão prestar o Enem 2021. 

Após a inscrição, será solicitado o envio das cópias de alguns documentos como: RG, local onde mora e número para contato, além de um termo de auto declaração que deverá ser assinado pelos estudantes. Para participar também é necessário ter acesso à internet para acompanhar as aulas que serão ministradas 5 dias na semana, com duração de 3h.

O projeto vai formar duas turmas, cada uma com 250 alunos, sendo uma no período da tarde (das 14h às 17h) e outra à noite (das 19h às 22h). As aulas estão previstas para iniciar no dia 10 de agosto, com encerramento em 17 de dezembro. Mais informações podem ser encontradas na página do Facebook do cursinho.

O Projeto Colmeia é um cursinho pré-vestibular que existe desde 2010 e já ofereceu formação on-line e gratuita a cerca de 350 estudantes. Em 2021, é a primeira vez que o curso será focado em estudantes indígenas.


Fonte: Agência Educa Mais Brasil 

TAGS: Estudantes indígenas, cursinho pré-vestibular, vestibular Unicamp.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade