Últimas Notícias
Brasil

Boate sem alvará fechada durante fiscalização é flagrada em funcionamento em Porto Velho

Bares e boates descumpriam decreto de enfrentamento à Covid-19. Atualmente as normas estaduais permitem que os estabelecimentos comerciais operem com até 70% da capacidade, até as 2h30.

Boate sem alvará fechada durante fiscalização é flagrada em funcionamento em Porto Velho
Fiscalização flagra bares e boates funcionado fora do horário

Uma fiscalização foi realizada na madrugada deste sábado (17) em Porto Velho, através da Operação Prevenção, para garantir cumprimento das normas de enfrentamento à Covid-19. Durante uma ação foi encontrada uma boate funcionando fora do horário e sem alvará, sendo que a mesma já havia sido interditada em outra ocasião.


Ainda na mesma noite, o Corpo de Bombeiros Militar (CBM) encontrou bares funcionando também fora do horário estipulado e vendendo bebida alcoólica para várias pessoas que estavam no local sem máscara ou distanciamento social.


Balanço de ações:


31 visitas;

4 orientações;

5 interdições;

3 notificações.

De todos os locais visitados, 17 não estavam funcionado e dos que estavam abertos, apenas dois se encaixavam nas regras do decreto de enfrentamento à Covid-19.


Operação Prevenção

A Operação Prevenção visa garantir o cumprimento das regras de enfrentamento à pandemia causada pelo coronavírus. Atualmente as normas estaduais permitem que os estabelecimentos comerciais operem com até 70% da capacidade, até as 2h30.


Também são permitidos eventos como jantares, casamentos, reuniões com até 150 pessoas, desde que não ultrapassem o limite de 50% da capacidade dos estabelecimentos.


Como denunciar?

Para colaborar com o Corpo de Bombeiros, a população pode denunciar os descumprimentos da medidas de enfrentamento à Covid-19 através dos números:


190 da Polícia Militar;

193 do Corpo de Bombeiros Militar;

197 da Polícia Civil.

Fonte: G1RO



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade