Últimas Notícias
Brasil

Acusado de assassinato é procurado e Polícia pede ajuda

Policiais da Delegacia de Homicídios de Porto Velho estão à procura do foragido João Correia Elias, 45 anos, acusado de matar a tiros Denis Henrique Signorini Martini, 27 anos, na noite de sexta-feira (14), na Avenida José Amador dos Reis, na Zona Leste de Porto Velho. Uma adolescente de 17 anos, esposa da vítima, também foi baleada.


Acusado de assassinato é procurado e Polícia pede ajuda


No dia do crime, os policiais apuraram que Denis caminhava juntamente com sua esposa de 17 anos, em direção a sua residência, quando João Correia parou o veículo Toyota Etios e efetuou vários disparos contra as vítimas.

O casal foi socorrido às pressas para a UPA Leste, mas Denis não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois. A esposa da vítima conseguiu sobreviver.

Durante as investigações, os policiais apuraram que três meses antes do crime acontecer, a esposa de Denis e uma amiga teriam sido assediadas pelo filho do acusado, que se aproximou das duas e pediu o contato delas.

Com a negativa, o filho do acusado não gostou e desferiu um tapa nas nádegas da esposa de Denis. Nervosa, ela foi para sua residência e contou para o esposo.

Dias depois de ser assediada, a adolescente avistou o filho do acusado e chamou o esposo. Denis foi tirar satisfação com o homem. Minutos depois, João Correia chegou ao local, e entrou em luta corporal com Denis. Após alguns meses, o acusado encontrou as vítimas na rua e efetuou vários disparos contra o casal.

Com o avanço das investigações, a delegada Leisaloma Carvalho representou pela prisão preventiva do acusado e a justiça deferiu. Nesta manhã os policiais foram a caça de João Correia, mas ele não foi localizado.

Agora a Polícia pede ajuda da população para localizar e prender o foragido. Qualquer informação do paradeiro do acusado, pode ser repassada através do 197. Não precisa se identificar.


Fonte: Rondoniagora.



« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

- Seu comentário é sempre bem vindo!
- Comente, opine, se expresse! este espaço é seu!
- Todos os conduzidos são tratados como suspeitos e é presumida sua inocência até que se prove o contrário!

- Se quiser fazer contato por e-mail, utilize o redacaor1rondonia@gmail.com

Publicidade